Segunda, 13 Maio 2019 - 18:43

III Conferência Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa leva mais de 40 propostas para o Estado

Fortalecer a política nacional do idoso e discutir as perspectivas do Estatuto do Idoso foi um dos desafios da III Conferência Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, que aconteceu neste sábado (11.05), na Universidade Estácio de Sá, no Bingen. Além dos quatro eixos temáticos debatidos, o grupo elegeu quatro delegados da sociedade civil e do poder público para levarem as mais de 40 propostas elaboradas à IV Conferência Estadual, que acontece em julho.

O encontro, que teve como tema “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”, contou com a palestra do membro do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (CEDEPI), Sandra Rabello. Na ocasião, a palestrante abordou questões sobre o envelhecimento mundial, políticas de cuidados do idoso, nutrição, saúde entre outros. "Vamos colaborar para os fortalecimentos das conferências nos municípios. Esperamos que as propostas sejam bem discutidas pois precisamos discutir o envelhecimento no Brasil. Formular novas propostas é fortalecer as diretrizes do direito do idoso", frisou a conselheira estadual, Sandra Rabello.

"Montamos uma estrutura para receber todos hoje aqui e acredito que somos multiplicadores desta causa. O assunto é sério, os dados estatísticos apontam que a população idosa tende a crescer cada vez mais. Precisamos não só discutir, mas aplicar as políticas públicas apresentadas. Precisamos estar mais próximos dos idosos e assim avançaremos nesse cuidado", destacou a presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDDPI), Tânia Maltez.

Os quatro eixos debatidos foram: Direitos Fundamentais na Construção/Efetivação das Políticas Públicas (Saúde, Assistência Social, Previdência, Moradia, Transporte, Cultura e Lazer); Educação: assegurando direitos de emancipação humana; enfrentamento da violação dos direitos humanos da pessoa idosa e Os Conselhos de Direitos: Seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas. A partir deles, o grupo elaborou mais de 40 propostas que foram aprovadas pela plenária, e serão encaminhadas para a Conferência Estadual, que será representada por quatro delegados eleitos na ocasião. Representando a sociedade civil, Aldemir Mota, Gabriel Wein e Melina Teixeira de Souza, e pelo poder público, Maria da Penha Rodrigues de Veras.

 

O evento contou com panfletagem de material informativo sobre doenças, prevenções, alimentação entre outros, além do almoço que foi oferecido para os participantes da Conferência.

Notícias por data

« Junho 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP