Quarta, 15 Maio 2019 - 18:21

Semana de Enfermagem discute o papel do profissional na gestão da saúde pública

Discutir o papel do profissional de enfermagem no Sistema Único de Saúde (SUS) é o que propôs a Secretaria de Saúde durante a 80ª Semana de Enfermagem que teve início em 12 de maio, no Dia Internacional do Enfermeiro. Nesta quarta-feira (15.05) foram realizados dois encontros com enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem para discutir e buscar avanços para a categoria, que conta com 453 profissionais em toda rede, com atuação direta em ações que visam a prevenção de doenças e promoção da saúde. No campus da Universidade Católica de Petrópolis (UCP) foram reunidos enfermeiros que discutiram sobre a consolidação da profissão, e no Centro de Saúde, para os profissionais de nível médio, foram apresentados métodos aplicados para cuidados paliativos em pacientes crônicos.

O evento realizado anualmente reuniu representantes das 44 equipes que atuam nos 37 Postos de Saúde de Família, além dos lotados nas sete Unidades Básicas de Saúde, dois Centros de Saúde e hospitais. Na UCP, o evento teve a representação de enfermeiros que atuam como gestores da saúde.

Conforme protocolo do Ministério da Saúde, os enfermeiros têm atuação ativa na rede de atenção básica nas UBSs, PSFs, Centros de Saúde e unidades hospitalares da rede pública. No encontro, o destaque da discussão foi o desafio dos enfermeiros para a prática da equidade no atendimento no sistema público de saúde. O objetivo foi debater medidas que garantam o acesso aos serviços do sistema público de saúde, de forma que a população de maior risco social e maior necessidade clínica tenham atendimento igualitário, resguardando o direto de cada cidadão.

No sistema público de saúde, a categoria se coloca como protagonista em ações preventivas no que se refere à saúde. O secretário de Saúde de Teresópolis Antônio Henrique Vasconcelos da Rosa destaca os profissionais de enfermagem como os principais apoiadores do SUS. Para o secretário, uma das principais vertentes é a atuação em campanhas de imunização. “No Brasil as campanhas de imunização existem por causa dos profissionais de enfermagem. Se um enfermeiro abraça uma causa ele salva vidas. É através do trabalho preventivo que isso ocorre”, reforça Antônio Henrique.

O importante papel dos enfermeiros para a manutenção da qualidade do serviço público de saúde foi ponto destacado até mesmo no âmbito de desenvolvimento econômico. Para o secretário, uma cidade com o atendimento de saúde bem estruturado, atrai pessoas. “Petrópolis e Teresópolis são cidades que se destacam pelo perfil turístico e recebem pessoas e inúmeros lugares, que ao verificarem um bom serviço de saúde, se sentem seguros em voltar e contribuir para o crescimento da região”, destaca.

No Centro de Saúde, os profissionais técnicos e auxiliares em enfermagem discutiram sobre os cuidados paliativos aos pacientes com quadros clínicos crônicos, atendidos pela rede ou em suas residências. No encontro foram abordadas as medidas que visam a melhoria da qualidade de vida dos pacientes, com foco no cuidado humanizado. “O enfermeiro é a ciência do cuidado, do olhar o paciente como o todo, não apenas da doença. É observar o paciente além do que ele apresenta. Passamos a ser referência para o paciente que passa a nos ver com maior confiança”, destaca a enfermeira da UBS do Retiro, Vanessa Braz.

Notícias por data

« Junho 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP