Terça, 18 Junho 2019 - 18:44

UNICEF reconhece trabalho do Programa Busca Ativa Escolar desenvolvido em Petrópolis

Certificação foi entregue durante Seminário realizado no Rio de Janeiro

Petrópolis recebeu reconhecimento público da UNICEF - Fundo das Nações Unidas para a Infância – pela participação no Programa Busca Ativa Escolar. A plataforma, criado pela UNICEF e UNDIME com o objetivo de promover a inclusão social e erradicação da evasão escolar, está sendo utilizada pela prefeitura de Petrópolis desde o início do ano. Dos 39 municípios do Rio de Janeiro convidados a participar do programa, 26 aderiram ao Busca Ativa e apenas 11 receberam o reconhecimento.

Petrópolis tem hoje 543 casos em andamento e 392 registros de (Re)matrícula registrados no Busca Ativa, ou seja, são 543 casos que estão sendo analisados pelas equipes das secretarias municipais que estão à frente do programa – Educação, Saúde e Assistência Social – e 394 casos em que as crianças que estavam fora da escola voltaram a frequentar o ambiente escolar, em um universo de quase 42 mil alunos.

A premiação ocorreu nessa terça-feira (18.06) durante o Seminário Nacional do Programa Busca Ativa Escolar, realizado no Museu do Amanhã e no Museu de Arte do Rio de Janeiro. O tema do encontro foi: “Educação é Proteção contra a Violência”.

O Busca Ativa Escolar foi desenvolvido pela UNICEF em parceria com a Undime, o Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e o Instituto TIM. Após a implantação do Busca Ativa Escolar no município cada Secretaria ou grupo mantém um papel específico, que vai desde a identificação de uma criança ou adolescente fora da escola até a tomada das providências necessárias para a matrícula e a permanência do aluno ou aluna na escola. Os diretores alimentam os dados dos alunos e monitoramento de frequência é regular. Decorrido um ano e não tendo sido constatado problema com a criança ou o adolescente (re)matriculado, o caso recebe o estado de Concluído. Caso seja verificada a evasão, o caso recebe o estado Fora da escola. Todo o processo pode ser feito pela internet e a ferramenta pode ser acessada em qualquer dispositivo, como computadores de mesa, computadores portáteis, tablets, celulares (SMS) e smartphones.

“A certificação é o reconhecimento de que é possível resgatar as crianças que estão fora da escola através do trabalho conjunto entre a Educação, Saúde, Assistência Social e Conselho Tutelar, mostrando a importância de manter essas crianças e também os jovens na escola. Precisamos de uma rede de pessoas que acreditam na Educação como ferramenta de transformação”, afirma Ana Paula Valle, coordenadora operacional do programa em Petrópolis e responsável pelo Departamento de Inspeção Escolar da Secretaria de Educação.

Alvará Online - BANNER

Notícias por data

« Outubro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo