Quem circulou pela cidade neste fim de semana notou uma diferença em relação aos últimos anos, antes do Natal Imperial. Principalmente o Centro Histórico – que registrou 72% de ocupação hoteleira - esteve lotado de visitantes e moradores, que ainda continuam encantados com a decoração e programação da festa. Mesmo no período em que a principal escolha são as regiões de praia, por conta do verão, Petrópolis se firmou como um dos mais procurados destinos turísticos do estado. E as atrações não param até o dia 20. No próximo fim de semana, quem encanta o público é a banda UM44k. No último sábado (05), o destaque foi a cantora Preta Gil e domingo (06) foi a vez da encenação da peça “A Folia dos Três Bois”, os dois com sucesso de público.

Em toda a cidade, a média da ocupação nos hotéis e pousadas ficou em 66%, entre os dias 04 e 06 de janeiro. Diferente de 2017, quando, também no primeiro fim de semana do ano, o número registrado foi de 54%.

Além de toda decoração e iluminação que tornaram de Petrópolis um grande cenário de Natal, a programação cultural é um atrativo a mais para turistas e moradores. O próximo fim de semana continua repleto de atividades. Entre os destaques está o show da banda UM44K, no sábado (12), às 20h, na Vila Imperial – a Praça da Liberdade. Mas o público também vai poder contar com shows do Grupo Magia, Duo Gabi e Dani, Hometown Blues, Concreto Humano e En’Canta Noel. Todas as atrações são gratuitas e algumas acontecem no Palácio de Cristal.

Além do Centro Histórico, outros locais, como o Palácio Quitandinha, também estiveram lotados. Por lá, um dos palcos do Natal Sesc RJ e Senac RJ, a programação da festa foi encerrada no domingo. “Aproveitei este fim de semana para ver a decoração, ainda não tinha tido a oportunidade de ir. Estava tudo muito lindo. Fiquei encantada também com a exposição (Supernova: A Estrela dos Reis)”, explica a auxiliar administrativo Liliam Motta.

Domingo animado: atrações encantam o público com “A Folia dos Três Bois” e “En’Canta Noel”

Quem visitou o Palácio de Cristal e a Praça da Liberdade no domingo (06) pôde conferir de perto as atrações do Natal Imperial: no Palácio, o público se encantou com a encenação da peça “A Folia dos Três Bois”. Já na Praça da Liberdade a atração foi o musical En’Canta Noel, uma homenagem ao músico Noel Rosa.

A protética Renata Aparecida dos Santos, que é de Juiz de Fora, fez questão de conferir de perto todos os pontos turísticos enfeitados para o Natal. “Já conheço a cidade, mas, vi pelas redes sociais que estava ainda mais bonita e quis ver de perto. Não me arrependi. Está tudo lindo”, disse. A peça “A folia dos Três Bois” surpreendeu: “Não tinha ideia de como era bacana essa apresentação. Muito interessante e encantador”, completa.

A história, que foi encenada no Palácio de Cristal tem texto e direção de Sylvia Orthof. O texto narra as aventuras dos retirantes: Zé e Das Graças, que vão ter um bebê e por causa disso resolvem voltar para casa. No caminho de volta, na Estrada de Cericecó, encontram personagens fantásticos. E, na hora do nascimento do bebê, aparecem três bois mágicos que trazem como presente o direito que toda criança tem a viver, sem pobreza, com educação gratuita e a oportunidade de brincar e se divertir. Ficaram à frente da peça os atores Simone Gonçalves, Fernando Vianna e Valéria Wanderlei.

“A plateia foi muito receptiva e o resultado foi maravilhoso. Ficamos muito felizes. A intenção foi a de passar para o público a mensagem de esperança, de fé e a importância de se acreditar em dias melhores. A história conta o desejo de renovação, de um mundo melhor com oportunidades iguais para todas as crianças. É nisso em que acreditamos e estamos sempre torcendo”, contou a atriz Simone Gonçalves.

A aposentada Penha de Fátima levou o neto, Emanuel, de dois anos para conferir a apresentação: “No começo ele ficou com medo dos bois, mas depois se divertiu muito. Foi realmente muito bonita a apresentação. Valeu a pena ter vindo”.

Na Praça da Liberdade a atração foi o musical “En’Canta Noel”. Escrito por Catarina Maul, o espetáculo se passa em uma mesa de bar: nela os amigos de Noel Rosa conversam sobre o compositor e cantam seus sucessos como: Último Desejo", "Conversa de Botequim, "Fita Amarela" e "Quem Dá Mais".

A programação do Natal Imperial continua até o dia 20. As atrações podem ser conferidas no site: www.natalimperialpetropolis.com.br.

Fenômeno na internet e, agora, fora dela – com música em trilha sonora de novela -, a dupla UM44K, formada por Luan Otten e Saulo Poncio, estará na programação do Natal Imperial. Os meninos, que trazem uma mistura do Pop, Rap e R&B (Rhythm and Blues), sobem ao palco no próximo sábado (12.01), às 20h, na Praça da Liberdade – a Vila Imperial. Entre os sucessos da dupla está o hit “4 da Manhã”, que alcançou o TOP 25 do Spotify chegando à marca de mais de 100 milhões de plays em todos os streamings e é o terceiro clipe mais exibido do programa TVZ, no Multishow. O show é gratuito.

A programação da festa continua até o dia 20 de janeiro e ainda está repleta de atrações para os próximos dois fins de semana. A decoração, iluminação, o show do acendimento e o Túnel de Luz da Rua 16 de Março também permanecem.

Neste sábado, a UM44K será a responsável por animar a plateia do Natal Imperial. A dupla é sinônimo de sucesso quando o assunto é música, público, interatividade e talento. O hit “Nossa Música”, com mais de 54 milhões de visualizações no clipe, é a primeira faixa dos músicos a ganhar espaço em uma novela. O single faz parte da trilha sonora de “O Sétimo Guardião”, folhetim das 21h da TV Globo. Neste ano, os meninos lançam seu primeiro álbum. Entre os sucessos da dupla também estão: “Solução”, em parceria com Matheus e Kauan, “Pode Falar”, “Não Quero Insistir”, “Não Dá Mais” e “Indireta”, sucessos no canal do YouTube.

Também no sábado, o Palácio de Cristal – que foi transformado em Doce Natal – recebe a banda Hometown Blues, às 20h, com entrada gratuita. Já no domingo (13) será dia de En’Canta Noel às 18h, no Doce Natal, e do grupo Concreto Humano, às 19h, na Vila Imperial. Todas as atrações têm entrada gratuita. A programação completa do Natal Imperial pode ser conferida no site: https://www.natalimperialpetropolis.com.br/programacao.

A Lojas Americanas acaba de disponibilizar aos clientes um elevador em sua loja do Centro, que conta com dois pisos. A medida foi implementada após o Procon Petrópolis notificar o estabelecimento para que realizasse as adaptações necessárias para garantir a mobilidade de todos os públicos na loja. O estabelecimento é o primeiro a concluir as obras após a determinação do órgão de defesa do consumidor. A Casas Bahia e a Ricardo Eletro também estão realizando adaptações.

A orientação do Procon a esse tipo de estabelecimento é, além de providenciar os elevadores, também garantir que a locomoção de pessoas com a mobilidade reduzida. Isso significa que, na prática, as lojas devem ter rampas em suas entradas e espaçamento entre seus corredores que sejam grandes o suficiente para a passagem com cadeiras de rodas, por exemplo.

O Procon fica na Rua Dr. Moreira da Fonseca, 33, ao lado da Câmara dos Vereadores, e a unidade de Itaipava funciona no Centro de Cidadania, na Estrada União e Indústria, 11.860. Para realizar os atendimentos os usuários podem utilizar, ainda, o serviço de mensagem da página do Facebook do Procon Petrópolis, os telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Os telefones da unidade em Itaipava: 2222-1418 / 7448 e 7337, ou WhatsApp Denúncia no número 98857-5837. O atendimento pelo site pode ser acessado pelo link http://www.petropolis.rj.gov.br/procon/index.php/fale-conosco.

A prefeitura está construindo mais 140 sepulturas no Cemitério Municipal, no Centro. O trabalho já foi iniciado na quadra 20, onde ficarão as vagas. O serviço vai ocorrer ao longo do primeiro semestre de 2019. No ano passado, foram feitas 91 vagas de gavetas e sepulturas. As obras acontecem em parceria com as funerárias da cidade. Em 2018, as quadras 11 e 15 receberam 68 gavetas novas. Já as quadras 7 e 8 abrigam 23 sepulturas. Todas essas obras visam ampliar a oferta de vagas no maior cemitério do município.

A cidade ficou quase 10 anos sem investimentos no Cemitério Municipal, e todos os tipos de serviços precisam ser ampliados. Nos últimos dois anos, a prefeitura e as funerárias construíram mais de 150 gavetas e sepulturas.

As sepulturas ficam prontas em cerca de 15 dias, cada uma. O local onde estão sendo feitas não possui construções anteriores, por isso a escolha pela construção de sepulturas. Elas vão funcionar da mesma forma que as gavetas: poderão ser alugadas pelo prazo de três anos. Depois disso, a família é convocada para a exumação – em caso de não comparecimento, o procedimento acontece 48 horas o prazo.

As sepulturas possuem 80 centímetros de largura, 2,20 metros de comprimento e 2,20 metros de altura. Cinco pessoas atuam nas obras.

O Cemitério Municipal tem cerca de 2,6 mil gavetas e oito mil sepulturas perpétuas.“Depois dessas primeiras 140 sepulturas, o planejamento é fazer mais 60 no segundo semestre e ainda mais 150 vagas de gavetas ao longo do ano”, informa o administrador dos cemitérios, Vagner Santos.

A cidade tem sete cemitérios: Centro, Itaipava, Secretário, Vale das Videiras, Garibu (Posse), Brejal e Quarteirão Worms (km 92 da BR-040).

Começam na próxima semana as Colônias de Férias oferecidas por quatro unidades da Academia da Saúde do município. Com o objetivo de disponibilizar atividades extras durante as férias escolares, as unidades de Itaipava, Castelo São Manuel, Vale do Carangola e Cremerie, estão com programação especial de esporte e lazer de segunda a sexta-feira voltada para crianças e adolescentes. Para participar, basta apresentar o cartão Sistema Único de Saúde (SUS) no dia da colônia, sem prévia inscrição. As atividades são gratuitas.

A programação das academias é específica para cada unidade e, durante as férias, serão realizadas atividades coletivas diversas. De acordo com a idade dos jovens, poderão ser realizados jogos de futebol, futsal, handebol, além de recreações lúdicas e brincadeiras como queimada, pula-corda, amarelinha entre outras. Também são promovidas aulas de pintura e palestras com orientação e promoção à saúde.

A coordenadora das Academias da Saúde, Márcia Verônica Ferreira frisou, que as Colônias de Férias mostram que as atividades nas unidades das Academias da Saúde não são voltadas apenas para o público da terceira idade.

"Teremos uma programação diversificada nas Academias da Saúde, com horário variados para contemplar o máximo de interessadas. As atividades que serão oferecidas foram pensadas para incentivar a prática de esporte e a integração social", destaca a coordenadora.

A programação das Academias da Saúde pode ser consultada por telefone ou comparecendo diretamente às unidades, que localizam nas regiões:

Castelo São Manuel (Rua Valter Bichtluf São Coutinho, 711 - Tel.: 2243-9901) – atividades as terças e quintas – nos dias 15, 17, 22 e 24, de 10h às 12h; e as sextas – nos dias 18 e 25, de 13h30 às 16h30;

Cremerie (Estrada Independência, s/nº - Tel.: 2243-4153) - atividades as terças e quintas – nos dias 22, 24, 29 e 31, de 13h30 às 16h30;

Itaipava (Estrada União e Indústria, nº 10.000 - Tel.: 2233-8882) - atividades as terças e quintas – nos dias 15, 17, 22 e 24, de 13h30 às 16h30;

Vale do Carangola (Rua Waldemar Vieira Afonso, 7 - Tel.: 2291-8310) – atividades as segundas e sextas – nos dias 18, 21, 25 e 28, de 9h às 11h30 e 13h30 e 15h30.

A entrega da premiação do ranking municipal dos corredores acontece no dia 29 de janeiro no Centro de Cultura Raul de Leoni às 18h. Serão contempladas 24 faixas etárias diferentes, mais os cinco atletas mais bem colocados na classificação geral, tanto no masculino quanto no feminino, totalizando 160 esportistas agraciados pelo prêmio. Criado no ano passado pela prefeitura com a aprovação do Conselho Municipal de Esportes e Lazer (CMEL), a pontuação dos esportistas tem o objetivo de incentivar a prática da modalidade, considerada a mais democrática do mundo.

 O  calendário para 2019 está com mais de 30 modalidades esportivas diferentes, com cerca de 100 eventos previstos.

No ano passado, seis provas contaram para o ranking: Corrida do Trabalhador, Petrópolis-Itaipava, XC Run, Circuito Desafio, Petrópolis Night Run e Corrida Master. A ideia é que esse número dobre, estimulando que os atletas participem de mais eventos ao longo desse ano. A premiação em janeiro acontece em virtude do calendário esportivo do município.

Neste ano, A prova que vai abrir o calendário do município será a segunda edição da corrida de São Sebastião no dia 20 de janeiro. São 250 vagas para o evento que tem percurso de 6,5 quilômetros com largada na Praça do Indaiá e chegada na Paróquia de São Sebastião. Os interessados em participar podem ir até a secretaria da Paróquia, que fica na Praça Frei Leão, ou fazer o cadastro pela internet no site: http://www.papaleguas.org/.

O valor da inscrição é de R$ 60 e os corredores terão direito a um kit composto por uma camisa, um chip de cronometragem e uma medalha de participação, além de pontos de hidratação ao longo da corrida e frutas no encerramento. Os corredores inscritos concorrem a uma bicicleta profissional, da marca Houston Stinger, que será sorteada no final da prova. O evento acontece em homenagem ao Dia de São Sebastião, comemorado também em 20 de janeiro.

"A prova no ano passado foi um grande sucesso. Por conta disso, até aumentamos a quantidade de inscrições para este ano. Para esta edição, buscamos melhorar as premiações para os participantes, para que mais gente participe da corrida", explica Dani Vecchio, uma das organizadoras da prova.

Calendário esportivo do município está sendo elaborado para 2019

Petrópolis vai receber cerca de 100 eventos esportivos ao longo de 2019. O calendário esportivo da cidade está sendo elaborado e prevê torneios de diversas modalidades, como lutas, corridas de rua, atividades coletivas, como dança e funcional, natação, futebol, futsal, basquete, ciclismo e mountain bike. Os eventos esperados para o próximo ano serão anunciados até o dia 11 de janeiro.

O Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo – Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, tem 51 vagas disponíveis nesta semana. Os candidatos devem cadastrar os seus currículos na prefeitura por intermédio do site www.petropolis.rj.gov.br. Mais informações podem ser consultadas por intermédio do telefone (24) 2233-8113.

O balcão de empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846.

Confira as oportunidades:

Atendente de lanchonete - 3 vagas - sexo feminino - Experiência

Auxiliar técnico de telecomunicação - 10 vagas - sexo masculino - Ensino médio, CNH categoria B, habilidade na utilização de aplicativos via smarthfone

Operador de empilhadeira - 1 vaga - sexo masculino - Ensino fundamental completo, mandatório ter o curso e experiência comprovada na função

Promotor de vendas - 15 vagas - ambos os sexos - Ensino médio

Técnico instalador de telecomunicação - 10 vagas - sexo masculino - Ensino médio completo, CNH categoria B, habilidade na utilização de aplicativos via smartphone

Vendedor - 12 vagas - ambos os sexos - Ensino médio completo e experiência

Mais informações podem ser consultadas pelo telefone (24) 2233-8113. Vale destacar que o balcão de empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846.

A Secretaria de Educação publicou nessa segunda-feira (07.01) no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br) a lista com os nomes dos alunos que estavam no cadastro de reserva e poderão fazer a matricula no 6º ano do Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrósio. O período de matriculas na própria escola será do dia 8 até 11 de janeiro – das 10h às 17h. A unidade de educação funciona na Rua Oscar Weinschenck, nº 150. Ao todo, 90 alunos foram convocados nessa segunda chamada. Para a matricula é necessário levar a declaração de aprovado no 5º ano do ensino fundamental. No total, 190 alunos ingressarão no Liceu em 2019.

Em novembro, a Secretaria de Educação realizou um Sorteio Público onde foram sorteados 190 nomes para ingresso imediato no 6º ano do Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrósio, além do sorteio de nomes para cadastro de reserva. No entanto, nem todos os alunos fizeram a matricula, o que possibilitou o chamamento do cadastro de reserva. A mudança na forma de ingresso no Liceu – de 2011 até 2017 a Secretaria de Educação realizou provas de admissão e os candidatos conseguiam as vagas de acordo com as notas – recebeu parecer favorável do Conselho Municipal de Educação.

Vale salientar que a unidade atende o segundo segmento do ensino fundamental II – 6º ao 9º ano e ensino médio. Informações adicionais podem ser obtidas no Departamento de Matriculas da Secretaria de Educação que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h30 – Avenida da Imperatriz, nº 193.

A CPTrans e a Guarda Civil farão fiscalização na região do Pinheiral, no Bonfim, durante todos os fins de semana de sol no verão. O objetivo da ação é coibir o estacionamento irregular na rua por parte de quem vai ao bairro para pousadas e cachoeiras no local. A ação, que teve início no último fim de semana, terá sequência na época em que o movimento de turistas aumenta.

Para isso, a CPTrans promoveu melhorias na sinalização do local. Houve pintura de 400 metros de meio-fio em diferentes pontos, instalação de quatro placas indicando a proibição de parar e estacionar e uma placa de ponto de ônibus.

A fiscalização atende uma reivindicação de que mora e trabalha na região. O Bonfim tem cerca de 10 mil moradores e recebe grande número de turistas por causa do Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Parnaso). No ano passado, apenas de janeiro a setembro, foram quase 15 mil pessoas visitante a unidade de conservação.

A Guarda Municipal irá manter pelo menos uma dupla de agentes no local, todo sábado e domingo, de 10h às 17h, para tentar coibir a ação irregular.

O bairro tem cerca de 100 produtores rurais e, com o estacionamento irregular, o escoamento da produção é dificultado. O presidente da Associação de Produtores Rurais do Bonfim, Marco Antônio Coelho, agradeceu pela presença da Guarda. “Com esse trabalho sendo feito, a gente sempre vai agradecer. A gente conta com a prefeitura fazendo o trabalho que é necessário nas comunidades. Sabemos das dificuldades, mas quando vem para somar e ajudar, a gente só tem a agradecer”, afirma.

No ano passado, a CPTrans promoveu a Operação Verão em áreas de cachoeiras, com equipes fazendo fiscalizações intermitente, o que resultou em nenhum acidente de trânsito e tranquilidade na mobilidade da área. 

Outro pedido que já tinha sido atendido para melhorar o acesso na Estrada do Pinheiral foi alargamento da pista, feito pela Secretaria de Serviços ainda no início do ano passado. Um trecho de quatro quilômetros foi alargado em 1,5 metro.

Os atendimentos do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) vai ganhar reforço esse ano com a unidade do bairro Independência. Com inauguração prevista para o primeiro trimestre de 2019, o novo Centro terá capacidade de referenciar até cinco mil famílias aos programas sociais direcionados às famílias em risco social. O programa, que se estende atualmente por oito regiões, realiza um atendimento técnico, psicossocial e fornece orientações para cerca de 80 pessoas que passam pelas unidades diariamente. O CRAS tem capacidade de atender cerca de 300 famílias por mês.

Em 2018 os trabalhos nas unidades foram intensificados a partir da implantação de programas e adequação de equipes. Cada CRAS funciona com dois assistentes sociais, um psicólogo e um pedagogo. O programa segue as normas do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e tem registrado maior celeridade nos atendimentos. As unidades do CRAS são referência para a inclusão dos usuários ao Benefício de Proteção Continuada (BPC). Petrópolis é o único município do estado que atua em parceria com o INSS no atendimento direcionado aos idosos e deficientes usuários do BPC.

Através do BPC, é fornecida assistência financeira para famílias com idosos ou deficientes, com renda per capita que não ultrapasse 1/4 do salário mínimo. O benefício é concedido para famílias que tenham uma renda de até R$ 249,50 por pessoa. Em 2018, os técnicos conseguiram efetuar um trabalho mais próximo à população, o que tem contribuído na identificação de pessoas que precisam dos serviços prestados.

A partir dos programas de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), de Acesso ao Trabalho (Acessuas) e do Criança Feliz, os técnicos dos CRAS intensificaram o atendimento in loco. “O atendimento não é focado apenas aos equipamentos, nossas equipes estão circulando mais pelos bairros para acompanhar e implementar esses programas e assim ficam em contato com as necessidades da população”, considera o diretor do Departamento de Proteção Social Básica, Rodrigo Lopes.  

Atualmente os CRASs têm cerca de mil famílias na rede de atendimento que são inseridas ao BPC, ao Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), ao Bolsa Família. As unidades também fornecem programas e ações voltadas para o idoso e adolescente. O ID Jovem possibilita a gratuidade de adolescentes ao transporte e à cultura e a carteira do idoso também disponibiliza benefícios para o público da terceira idade que se enquadra ao perfil de vulnerabilidade social.

A nova unidade do Independência vai aumentar a abrangência do trabalho e facilitar o acesso da população da localidade aos serviços. Desde o ano passado o programa tem atuado de forma intersetorial com outros programas oferecidos pelas demais secretarias do governo. A ideia é continuar expandido os serviços. Além da inclusão em programas, o CRAS desenvolve ações para crianças, adolescentes, adultos e idosos. Regularmente são oferecidas oficinas de dança, capoeira, crochê e artesanato. O CRAS também organiza um coral com os usuários interessados.

Os Centros de Referências de Assistência Social estão localizados nos bairros:

CRAS Quitandinha

Horário de funcionamento: das 8h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira, sem horário de almoço - Rua Alagoas, s/nº – Quitandinha.

CRAS Centro

Horário de funcionamento: das 8h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira, sem horário de almoço – Rua Dr. Sá Earp, nº 39 – Centro.

CRAS Retiro

Horário de funcionamento: das 8h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira, sem horário de almoço - Rua Henrique Dias, 221 – Retiro.

CRAS Posse

Horário de funcionamento: das 8h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira, sem horário de almoço - Estrada União e Indústria, S/N, ao lado do CIEP Gabriela Mistral (CEU da Posse).

CRAS Corrêas

Horário de funcionamento: das 8h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira, sem horário de almoço. Rua Vigário Correa, 443 – Corrêas.

CRAS Vale do Carangola

Horário de funcionamento: das 7h30 às 16h30, de segunda-feira a sexta-feira, sem horário de almoço. Rua Waldemar Vieira Afonso, 19 – Antiga ONG - Vale do Carangola.

CRAS Itaipava

Horário de funcionamento: das 8h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira, sem horário de almoço. Estrada União e Indústria, 11.860 – Itaipava.

CRAS Madame Machado

Horário de funcionamento: das 8h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira, sem horário de almoço. Rua Geraldo Lourenço Dias, s/nº (ponto final do ônibus 704) – Madame Machado.

Seguem abertas as inscrições para a Corrida de São Sebastião, prova que abre o calendário da modalidade no município em 2019. São 250 vagas para a segunda edição do evento que, neste ano, tem percurso de 6,5 quilômetros com largada na Praça do Indaiá e chegada na Paróquia de São Sebastião. Os interessados em participar podem ir até a secretaria da Paróquia, que fica na Praça Frei Leão, ou fazer o cadastro pela internet no site: http://www.papaleguas.org/. Os participantes inscritos concorrem a uma bicicleta profissional, da marca Houston Stinger, que será sorteada no final da prova.

No ano passado foram realizadas 35 provas na cidade. Esse é um número significativo, que comprova a grande participação dos petropolitanos nos eventos realizados na cidade. A prefeitura inaugurou no dia 20 de dezembro uma academia ao ar livre na Praça Frei Leão, no São Sebastião, com o objetivo de aumentar a oferta de atividades físicas gratuitas no bairro.

O valor da corrida é de R$ 60 e os atletas terão direito a um kit composto por uma camisa, um chip de cronometragem e uma medalha de participação, além de pontos de hidratação ao longo da corrida e frutas no encerramento. Todo o valor arrecadado com a corrida será usado para obras no prédio da Paróquia, que ao longo do ano recebe diversos eventos sociais.

"A prioridade foi melhorar a estrutura e também as premiações para os participantes, para que mais gente participe da corrida", explica Dani Vecchio, uma das organizadoras da prova, lembrando também que o número de inscrições disponíveis aumentou em comparação com o ano passado.

A Corrida de São Sebastião conta com o apoio da prefeitura, por meio do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), através da Superintendência de Esportes e Lazer, e da Companhia de Trânsito de Petrópolis (CPTrans).

Começou nesta segunda-feira (07.01) e vai até o próximo dia 18 o prazo para que táxis cuja placa termine com o número 1 realizem a vistoria anual na Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans). A previsão é que 61 veículos, de um total de 537 táxis de todos os distritos realizem o serviço nessa primeira etapa. A previsão é que até o dia 24 de maio todas as vistorias já tenham sido realizadas. No ato, os fiscais irão vistoriar as condições do táxi, a documentação do veículo e do motorista e se o taxista está em dia com os tributos municipais.

Para realizar a vistoria taxistas devem apresentar a cópia legível dos documentos: CRLV 2018 (de acordo com calendário de licenciamento anual do Detran) ou 2019; Inspeção GNV 2018;  Aferição taxímetro 2018;  ISS 2018 pago: permissionários e auxiliares  - nos casos de isenção, o mesmo deve apresentar xerox do cartão que comprove; Certidão Negativa do Registro de Distribuição Criminal atualizada do permissionário e auxiliares;  CNH com a indicação que “exerce atividade remunerada” do permissionário e auxiliares;  Comprovante de residência do permissionário e auxiliares;  01 (uma) foto 5 x 7 do permissionário e auxiliares;  Cartão de Permissão (alvará) 2018 (original); e pagamento da Taxa de Vistoria.

Durante o processo de vistoria, a CPTrans poderá, caso entenda necessário, solicitar documentos complementares, para a aprovação da vistoria. É fundamental que toda documentação seja apresentada, pois a falta de qualquer um dos documentos implicará na não realização do processo de renovação da autorização. Para certificação da vistoria também é necessário estar quite com todos os encargos provenientes de multas aplicadas, excetuando-se os casos com recursos interpelados em conformidade com o art. 21º, §6º da Lei Municipal nº 6.019/2003.

Confira o calendário:

Fim de placa- número 1 – período de vistoria: de 07/01/2019 até 18/01/2019

Fim de placa – número 2 – período de vistoria: de 21/01/2019 até 01/02/2019

Fim de placa – número 3 – período de vistoria: 04/03/2019 até 15/02/2019

Fim de placa – número 4 – período de vistoria: 18/02/2019 até 01/03/2019

Fim de placa – número 5 – período de vistoria: 04/03/019 até 15/03/2019

Fim de placa – número 6 – período de vistoria: 18/03/2019 até 29/03/2019

Fim de placa – número 7 – período de vistoria: 01/04/2019 até 12/04/2019

Fim de placa – número 8 – período de vistoria: 15/04/2019 até 26/04/2019

Fim de placa – número 9 – período de vistoria: 29/04/2019 até 10/05/2019

Fim de placa – número 0 – período de vistoria: 13/05/2019 até 24/05/2019

O resgate da cidadania, é um dos principais objetivos do trabalho realizado pelo Centro Pop e Núcleo de Inclusão Social (NIS). Os programas desenvolvidos pela Secretaria de Assistência Social prestam atendimento a pessoas em situação de rua ou em vulnerabilidade social para que sejam reintegradas à sociedade. Acompanhado pelo projeto há um ano, Paulo Cesar de Oliveira Couto, 50 anos, é um dos exemplos de que a ação tem gerado bons resultados. Após um ano sendo orientado pela equipe do NIS, deixou a posição de usuário e passou a ser prestador de serviço.

Há 4 anos em funcionamento em Petrópolis, o Centro Pop atende cerca de 220 pessoas mensalmente. No último ano 41 pessoas assistidas foram reabilitadas.

A mudança na vida de Paulo Cesar foi possível a partir da iniciativa do próprio usuário, que identificou uma profissão, numa atividade antes tida como lazer. Após um ano recebendo o suporte do Centro Pop e abrigo durante as noites no NIS, Paulo Cesar se tornou o jardineiro da horta e faz a manutenção da área verde nas duas unidades que o atenderam. Atualmente ele continua frequentando os núcleos, mas na posição de profissional, ajuda a manter o cultivo de hortaliças que abastecem as próprias unidades e serve de exemplo para os outros usuários.  

O Centro Pop e o NIS fazem um trabalho em conjunto para a reintegração das pessoas em risco social. No Centro Pop as pessoas contam com estrutura para o atendimento diário para higiene pessoal, manutenção de objetos pessoais, alimentação, atendimento psicossocial, regularização de documentação e encaminhamento profissional com indicação para processos seletivos e capacitação para o mercado de trabalho.

Ao reconquistar sua profissão, Paulo Cesar já recuperou sua moradia. Antes de ser atendido pelos programas, ele era porteiro e passou a viver em situação de rua após ser demitido. Por um ano ficou desempregado e perdeu sua casa, dependendo do auxílio do Centro Pop e do acolhimento do NIS. “Sempre buscamos atividades que produzam frutos para essas pessoas, a horta, antes de tudo, trabalha a autoestima. Estamos conseguindo motivar pessoas a resgatarem suas vidas”, conta a diretora do Departamento de Proteção Social Especial, Katia dos Prazeres.

O cultivo da horta que começou como uma atividade de lazer, tem incentivado outros usuários dos programas. “Por meio da horta, trabalhamos a integração social, a disciplina e a responsabilidade. Estamos sempre incentivando que os outros usuários também participem”, destaca Kátia, ressaltando que o cultivo do local, é consumido pelos próprios usuários. Aos sábados e feriados eles contam com alimentação no Centro Pop, durante a semana são encaminhados para o Restaurante Popular. A horta do NIS abastece as refeições oferecidas diariamente, para os cerca de 60 acolhidos.

“Hoje tenho uma rotina agitada, encontrei nas hortas um trabalho. Eu queria mostrar o que eu sei fazer e estão gostando. Em todos os locais que vou as pessoas gostam. Enquanto eu puder fazer, vou me dedicar sempre mais. Estou me reerguendo através desse trabalho”, conta o jardineiro, que tem sido chamado para cuidar dos jardins e horta de outras unidades da rede de assistência social.

Após 30 anos sem admitir concursados para o cargo de fiscal de obras, o município convocou seis concursados para reforçar a fiscalização de construções irregulares na cidade. No ano passado dois fiscais foram convocados, totalizando oito novos profissionais para o cargo. Isto mostra a preocupação da atual gestão em qualificar e aumentar a equipe de prevenção de possíveis acidentes, também em áreas consideradas de risco que tenham obras irregulares.

A Secretaria de Administração e Recursos Humanos, está enviando telegramas aos candidatos que deverão comparecer na data informada, ao Departamento de Administração de Pessoal e de Recursos Humanos, na Av. Barão do Rio Branco, 2.846 – Centro. A chegada dos novos agentes vai ampliar as ações para coibir as construções irregulares e sem autorização.

O município possui o Núcleo de Fiscalização de Obras Irregulares (Nufic), onde a população pode denunciar construções de risco. O Núcleo recebe em média mais de 50 denúncias por mais. Com o aumento da equipe, será possível impedir o avanço de obras sem as devidas autorizações das secretarias de Obras e de Meio Ambiente.

As denúncias podem ser feitas na Av. Barão do Rio Branco, 2.846, Centro de 12h30 às 18h. O denunciante deve levar um documento de identificação.

Vale lembrar que as obras precisam obedecer ao Código de Obras do município, pela Lei de Uso, Parcelamento e Ocupação do Solo (Lupos), pelo Código Florestal e resolução 303/2002 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) – que trata das áreas preservação permanente.

Apresentação gratuita faz parte da programação do Natal Imperial

A cantora Preta Gil animou mais de 2 mil pessoas na Vila Imperial - Praça da Liberdade na noite de sábado (05.01). A chuva que caiu pouco antes da apresentação não desmotivou o público que compareceu para prestigiar a artista. Filha de Gilberto Gil, a cantora carioca tem mais de 13 anos de carreira, quatro CDs e dois DVDs. Este ano, Preta comemora os 10 anos do "Bloco da Preta" que é presença certa nos carnavais de Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro.

"Sou muito fã da Preta. O show sempre é muito animado e hoje realizei meu sonho de tirar uma foto com ela. O show dela é tudo de bom", contou a design de moda, Natalia da Silva de Oliveira, que  chegou cedo na Praça da Liberdade para assistir bem pertinho do palco.

A cantora apresentou um repertório diversificado de composições próprias como "Sinais de Fogo"  até "Você é luz" de Wando, entre axé, funk e pop.  Na conversa com o público ela falou da alegria de se apresentar por mais uma vez em Petrópolis. "Estou muito feliz de estar aqui. Frequento Petrópolis desde criança. Adoro vir pra cá", contou Preta Gil.

A apresentação de Preta Gil é mais uma atração do Natal Imperial, que tem programação até o dia 20. “O Natal Imperial vem fazendo com que a cidade fique movimentada em uma época antes considerada como baixa temporada. A cidade está cheia, hotéis e pousadas registram melhores índices de ocupação, e o comercio está movimentado, o que fortalece a economia da cidade”, avalia o prefeito Bernardo Rossi.

A programação do Natal Imperial continua neste domingo (06.01) com apresentação teatral no Palácio de Cristal e espetáculo musical na Praça da Liberdade. Às 18h, no Palácio de Cristal, haverá apresentação do espetáculo infantil “A Folia dos Três Bois”, que tem texto e direção de Sylvia Orthof.

Mais tarde, encerrando a programação do fim de semana, às 19h na Praça da Liberdade, o público poderá conferir o espetáculo musical En’Canta Noel - texto de Catarina Maul.  No espetáculo, quatro músicos contam as histórias vividas ao lado de Noel Rosa, as lembranças por ele deixadas e seus sucessos inesquecíveis. Em 2010, o En’canta Noel conquistou o Prêmio Maestro Guerra-Peixe na categoria teatro.

Além das atrações culturais, diariamente o público pode assistir às sessões do Túnel de Luz – na Rua 16 de Março – acontecem sempre às 20h / 20h30 / 21h / 21h30 / 21h45.

A programação completa do Natal Imperial esta disponível no site: www.natalimperialpetropolis.com.br

Só o Espaço Empreendedor já realizou mais de 8 mil atendimentos em 2018

Balcão de Empregos aproxima empresários dos candidatos a uma recolocação no mercado de trabalho

Não foi à toa que Petrópolis conquistou o 2º lugar no game do Sebrae “Cidades Empreendedoras 2018” por conta das ações de desburocratização dos serviços: só o Espaço Empreendedor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico registrou mais de 8 mil atendimentos em 2018, entre janeiro e novembro. E a tendência é de que esse número seja superado em 2019 com a mudança do Espaço Empreendedor para um prédio na Rua Teresa. Para facilitar ainda mais a vida daqueles que querem empreender na cidade e buscam mão de obra qualificada, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico mantém o Balcão de Empregos e vai promover feiras setoriais de emprego neste ano.

O objetivo é facilitar a abertura de novas empresas e incentivar a qualificação de mão de obra dos petropolitanas. O salto no número de atendimentos no Espaço Empreendedor comprova que as pessoas estão investindo na nossa cidade: foram mais de 8 mil atendimentos só em 2018. Além disso, para incentivar o crescimento dos micro e pequenos negócios, o poder público realizou uma parceria com a AgeRio para liberação de microcrédito, foram 78 atendimentos ao longo do ano passado.

No Espaço Empreendedor, além da consulta de viabilidade, os empreendedores podem obter informações sobre MEI, ter acesso ao protocolo geral e ainda cadastrar as vagas disponíveis em suas empresas no Balcão de Empregos.

As ações em prol da desburocratização dos serviços como a implantação do Espaço Empreendedor e o Alvará online renderam à Petrópolis no ano passado, o 2º lugar no game do Sebrae “Cidades Empreendedoras”. Em 2017 a cidade começou a competição em 11° lugar e terminou a competição em 2° lugar em 2018.

Outro ponto que está em foco é a aproximação entre os empresários e as pessoas que estão em busca de empregos. Para isso, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico vai promover feiras setoriais de emprego ao longo deste ano. “Em novembro realizamos uma feira de empregos que contou com a participação de mais de 30 empresas e divulgação de mais de 700 vagas. Após a feira outras empresas procuraram o poder público para divulgar as suas vagas e para melhor atendimento e aproximação entre esses dois públicos, a partir deste ano a prefeitura vai realizar feiras setoriais”, garante Fiorini.

Além de promover a feira de empregos, o poder público mantém o Balcão de Empregos da Prefeitura - Serviço totalmente gratuito - que vem registrando mensalmente o aumento no número de vagas ofertadas na cidade: as empresas cadastram as vagas disponíveis e quem está em busca de uma recolocação no mercado de trabalho também pode cadastrar o seu currículo.

O Balcão faz a triagem das vagas de acordo com as especificações do currículo, ou seja, auxilia as empresas que estão em busca de mão de obra qualificada. Para quem está à procura de uma vaga, também é um canal gratuito para o cadastro de currículos.

O Balcão de Empregos da prefeitura recebe, em média, 500 novos currículos por mês. Em 2018 foram 4.796 currículos cadastrados, 208 vagas divulgadas e 1.402 candidatos encaminhados para entrevistas.

Só o Espaço Empreendedor já realizou mais de 8 mil atendimentos em 2018

Balcão de Empregos aproxima empresários dos candidatos a uma recolocação no mercado de trabalho

Não foi à toa que Petrópolis conquistou o 2º lugar no game do Sebrae “Cidades Empreendedoras 2018” por conta das ações de desburocratização dos serviços: só o Espaço Empreendedor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico registrou mais de 8 mil atendimentos em 2018, entre janeiro e novembro. E a tendência é de que esse número seja superado em 2019 com a mudança do Espaço Empreendedor para um prédio na Rua Teresa. Para facilitar ainda mais a vida daqueles que querem empreender na cidade e buscam mão de obra qualificada, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico mantém o Balcão de Empregos e vai promover feiras setoriais de emprego neste ano.

O objetivo é facilitar a abertura de novas empresas e incentivar a qualificação de mão de obra dos petropolitanas. O salto no número de atendimentos no Espaço Empreendedor comprova que as pessoas estão investindo na nossa cidade: foram mais de 8 mil atendimentos só em 2018. Além disso, para incentivar o crescimento dos micro e pequenos negócios, o poder público realizou uma parceria com a AgeRio para liberação de microcrédito, foram 78 atendimentos ao longo do ano passado.

No Espaço Empreendedor, além da consulta de viabilidade, os empreendedores podem obter informações sobre MEI, ter acesso ao protocolo geral e ainda cadastrar as vagas disponíveis em suas empresas no Balcão de Empregos.

As ações em prol da desburocratização dos serviços como a implantação do Espaço Empreendedor e o Alvará online renderam à Petrópolis no ano passado, o 2º lugar no game do Sebrae “Cidades Empreendedoras”. Em 2017 a cidade começou a competição em 11° lugar e terminou a competição em 2° lugar em 2018.

Outro ponto que está em foco é a aproximação entre os empresários e as pessoas que estão em busca de empregos. Para isso, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico vai promover feiras setoriais de emprego ao longo deste ano. “Em novembro realizamos uma feira de empregos que contou com a participação de mais de 30 empresas e divulgação de mais de 700 vagas. Após a feira outras empresas procuraram o poder público para divulgar as suas vagas e para melhor atendimento e aproximação entre esses dois públicos, a partir deste ano a prefeitura vai realizar feiras setoriais”, garante Fiorini.

Além de promover a feira de empregos, o poder público mantém o Balcão de Empregos da Prefeitura - Serviço totalmente gratuito - que vem registrando mensalmente o aumento no número de vagas ofertadas na cidade: as empresas cadastram as vagas disponíveis e quem está em busca de uma recolocação no mercado de trabalho também pode cadastrar o seu currículo.

O Balcão faz a triagem das vagas de acordo com as especificações do currículo, ou seja, auxilia as empresas que estão em busca de mão de obra qualificada. Para quem está à procura de uma vaga, também é um canal gratuito para o cadastro de currículos.

O Balcão de Empregos da prefeitura recebe, em média, 500 novos currículos por mês. Em 2018 foram 4.796 currículos cadastrados, 208 vagas divulgadas e 1.402 candidatos encaminhados para entrevistas.

Além de retomar PAC Encostas, município investe em intervenções com recursos próprios para retomar vida normal de moradores nas comunidades

Em 2013, Marco Antônio Borsato do Valle viveu um susto no lugar onde ele morava, o Morro dos Ferroviários, no Alto da Serra. O rolamento de blocos rochosos na rua estreita por pouco não causou uma enorme tragédia, já que havia muitas crianças no local naquele dia por causa de uma festinha infantil. As pedras não atingiram a casa onde ele morava à época, mas o impediram de acessar a moradia. Por isso, foi interditada até que fossem realizadas obras de contenção no local. A área é uma das que integra o PAC Encostas, programa que foi retomado no segundo semestre de 2018 após a prefeitura fazer a reposição de valores arrestados em 2016. E mesmo ainda com quase 60% de conclusão, a obra até aqui já foi suficiente para ele poder voltar para casa.

“Nesses cinco anos eu morei com a minha mãe em Vila Rica. E a minha casa ficou aqui, sem eu poder morar. Mas obras que fizeram aqui a gente vê que ficou muito bem feita, tudo que eu mais quero é que eles possam concluir logo. É ruim ficar fora de casa e poder voltar agora, para mim, é uma vitória”, conta.

A autorização para voltar veio em outubro. Com o laudo da Defesa Civil, ele conseguiu religar a luz e retornou para casa no fim de novembro – e trouxe a mãe de Vila Rica para continuar morando com ele. Agora, já está fazendo melhorias na casa: colocou piso novo, está fazendo a pintura e quer fazer mais intervenções na moradia.

A segurança que as obras de contenção trazem para os moradores das áreas beneficiadas é o que motivou a prefeitura a buscar a retomada do PAC Encostas e providenciar intervenções feitas com recursos próprios e federais.

O município teve que providenciar a reposição de R$ 11,8 milhões que foram arrestados em duas oportunidades para o pagamento dos servidores em dezembro de 2016 (última folha do antigo governo) e para quitar precatório não pagos também em 2016. A devolução dos valores foi concluída em junho e as obras estão sendo retomadas. A prefeitura  Bernardo Rossi realiza obras na Rua Brigadeiro Castrioto, na Provisória (Bairro Esperança), na Rua Eugênio Werneck, no Morin, e na Rua Amaral Peixoto, no Quitandinha.

As obras de contenção são uma absoluta prioridade. A cidade tem 234 áreas de risco, o que mostra a importância dessas obras, que jamais poderiam ter sido interrompidas. A prefeitura trabalhou intensamente para que essas obras pudessem ser retomadas e, agora, além de dar sequência a essas intervenções, o momento é de buscar outras contenções para o município.

O PAC Encosta é investimento de R$ 60 milhões para 14 obras. Elas foram divididas em três lotes: o lote 1 tem 80% dos serviços já concluídos; no lote 2, 50% já está pronto; por fim, o lote 3 está em 8,3%. Com relação a cada obra, no Vale do Carangola (Carangola) e no Rua Capitão Paladini (São Sebastião), os serviços já foram concluídos.

Obras de contenção com recursos próprios e emendas

Além do PAC Encostas, a prefeitura busca realizar contenções em outras áreas e tem mais cinco obras já prontas, em andamento ou licitadas: Rua Desembargador Luiz Antônio Severo da Costa (Itaipava); na localidade Sítio do Pica-Pau (Dr. Thouzet); Rua Presidente Sodré (Siméria); Rua Aristides Ladeira (Bairro Esperança); Catarina Blatt (Duarte da Silveira); Rua Gregório Cruzick (Bela Vista); e Rua Atílio Marotti (Quarteirão Brasileiro). Essas intervenções somam quase R$ 2 milhões.

O município também já captou R$ 1,7 milhão em emendas parlamentares para obras de contenção e drenagem na Rua 1º de Maio, na Castelânea, e na comunidade Vai Quem Quer, no Vital Brasil (São Sebastião).

Além disso, a prefeitura está buscando mais recursos junto ao governo federal para mais obras, tanto de caráter preventivo, quanto para áreas que precisam de recuperação depois de terem sido atingidas por chuvas.

São aproximadamente 42 mil alunos atendidos em 184 unidades educacionais

Um cardápio balanceado acompanhado por nutricionistas garante o cumprimento das necessidades nutricionais de cada aluno da rede municipal de Educação: proteínas, verduras, legumes e frutas. Só em 2018 o investimento feito pelo poder público foi de R$ 10,6 milhões e em 2019 o será ainda mais, aproximadamente R$ 12 milhões. A alimentação de qualidade também fortalece outro destaque na rede municipal de Educação: a oferta de cursos e oficinas no contraturno escolar.

O investimento em merenda de qualidade é um dever do poder público. Mas além disso, é necessário promover o acompanhamento nutricional dos alunos, por isso a Secretaria de Educação mantém um Núcleo de Alimentação Escolar que cria os cardápios de acordo com a faixa etária e necessidades nutricionais e realiza o acompanhamento do cumprimento do cardápio nas unidades educacionais.

Esse investimento garante produtos diferenciados, principalmente com relação aos produtos do hortifrúti. “O município está cumprindo as especificações do Plano Nacional de Alimentação Escolar do governo federal, que recomenda o uso de 30% dos recursos da merenda para aquisição de gêneros da agricultura familiar”, contou.

Em 2017, o município garantiu a meta: 30% com o uso de R$ 1,2 milhão em produtos e em 2018, esse número é superior a 35%. Uma realidade bem diferente dos anos anteriores: segundo o FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – em 2014 e 2015 o município não cumpriu a meta de destinar 30% dos recursos do PNAE para a compra de alimentos da agricultura familiar, conforme determina a lei 11.947 de 2009. Em 2014 foram destinados apenas 12% dos recursos e em 2015, o montante foi de 26%.

No cardápio da merenda há itens como abacate, abóbora, abobrinha, aipim, espinafre, mel, repolho, beterraba, caqui, cebola, inhame, tangerina, tomate e vagem e hortaliças, além de proteínas – carnes vermelhas, peixe e frango e também frutas como banana, maçã, pera, laranja, maracujá, abacaxi, mamão, melão, melancia e limão.

Oficinas e cursos na Casa da Educação e Centro de Ensino Darcy Ribeiro

Nada melhor do que poder participar de aulas esportivas e culturais gratuitas e com essa intenção o poder público vem aumentando a cada ano o número de vagas ofertadas: na Casa da Educação, no ano de 2016 eram 180 alunos atendidos, em 2017 o número passou para 500, em 2018 pulou para 800 e em 2019 serão mais de 1.000 alunos. Na Casa são oferecidos cursos diferenciados no contraturno escolar como: capoeira, judô, informática, teatro, inglês, banda, ballet, desenho e fotografia e, em 2019, karatê.

Já no Centro de Ensino Professor Darcy Ribeiro os cursos e oficinas são direcionados para os alunos do ensino fundamental II e o número de alunos atendidos também vem crescendo: em 2018 foram 206 alunos e em 2019 serão 350. O Centro de ensino oferece cursos de capoeira, judô, cozinha experimental, informática e ballet.

A oferta de oficinas e cursos no contraturno também está de acordo com as metas 2 e 7 dos Planos Nacional e Municipal de Educação.

Além desses dois polos, a prefeitura criou em 2018 um Centro de Treinamento de ginástica, através de uma parceria com a treinadora Georgette Vidor: o local todo equipado já atende 100 crianças entre 4 e 14 anos, na EM Papa João Paulo II, no São Sebastião.

Notícias por data

« Janeiro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo