Casal do Rio encontrou no Museu Casa do Colono cenário inusitado e perfeito para suas lembranças

Como todo casal prestes a subir no altar, a professora Ana Raquel Queiroz Rosa e o contador Lauro Sérgio da Silva, ambos moradores do Rio, queriam eternizar esse momento através de belas fotografias. E para o álbum pré-casamento eles não pensaram duas vezes, escolheram um dos seus destinos favoritos para servir de cenário: Petrópolis. Com todo seu patrimônio histórico-cultural, a beleza da Cidade Imperial oferece atrativos que enriquecem qualquer fotografia. Mas uma escolha inusitada chamou a atenção, um dos principais pontos do ensaio foi o Museu Casa do Colono, pouco procurada por noivos petropolitanos, mas que rendeu algumas das fotografias mais bonitas do casal.

Formados em história, Ana e Lauro são encantados pelo valor histórico que o lugar carrega e pela beleza que a simplicidade da casa traz. “A gente costuma sempre passear em Petrópolis. A Serra tem tudo a ver com a gente. E na penúltima vez que estivemos na cidade conhecemos o Museu Casa do Colono, ficamos apaixonados. A história envolvida e a arquitetura nos encantaram. É uma casa muito bonita. As fotos naquela parede de pedras ficaram lindas, adoramos”, disse Ana. “Além disso, sempre fomos muito bem recebidos lá”, completou Lauro.

O museu, que retrata a forma como os colonos alemães viviam em Petrópolis na época da construção da cidade, conta com mobiliário, utensílios de uso doméstico e de trabalho, reproduções fotográficas, quadros e objetos de uso pessoal. Construída em 1847, a casa em estilo germânico também agradou o fotógrafo de casamento Rodrigo Coelho, que acompanhou o casal. “Achei o cenário fantástico, a partir de agora vou fazer sempre. É um local genial. Eu já conhecia, mas nunca tinha fotografado. A luz é impressionante, é uma preciosidade incrível. Enriqueceu muito as fotografias”, disse.

Casais interessados em fazer ensaios fotográficos no museu podem entrar em contato com a instituição pelo telefone: (24) 2247-3715 ou o e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . A museóloga Ana Carolina Vieira explica que apesar da escolha inusitada, a instituição quer que mais pessoas se inspirem na ideia. “Os casais costumam escolher os atrativos mais visitados de Petrópolis, como o Museu Imperial, o Palácio de Cristal, então ficamos muito felizes com a escolha deles. Nos surpreendeu positivamente”, destaca.

O atrativo fica na Rua Cristóvão Colombo, 1.034, Castelânea, e funciona de terça-feira a domingo, das 8h30 às 16h. A entrada é gratuita. Além do Museu Casa do Colono, o casal também fotografou na Catedral São Pedro de Alcântara, no Palácio Quitandinha, no Museu Imperial, na Casa da Ipiranga, entre outros.

Veículos não possuíam autorização da CPTrans para realização dessa atividade

Seis vans foram flagradas fazendo o transporte de estudantes sem autorização em fiscalização realizada nesta sexta-feira (15.02), no Itamarati. Ao todo, foram 22 veículos abordados, sendo que três deles estão em processo de entrega de documentação e outras 13 já estão com os cadastros em dia junto à CPTrans. Essa foi a primeira ação do ano e irá ocorrer semanalmente no Centro e distritos. Os veículos foram autuados pelo artigo 231 do Código de Trânsito Brasileiro.

Motoristas de vans, kombis e ônibus escolares devem procurar a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) para atualizar a concessão que permite o transporte de estudantes no município para o período do primeiro semestre de 2019. O ano passado terminou com mais de 100 pessoas regulares com o serviço e, este ano, pouco mais de 30 veículos garantiram a regularidade do trabalho.

Para fazer a renovação é preciso que o proprietário do veículo compareça à companhia com a original e cópia da carteira de habilitação na categoria D; comprovante de residência; nada consta criminal, comprovante de inscrição de ISS; CRLV 2018 ou 2019 (de acordo com calendário de licenciamento DETRAN), além do próprio veículo que faz o transporte.

Os veículos devem ter, no máximo, 15 anos nos casos de kombis e vans, e 20, no caso de ônibus e micro-ônibus. As taxas para renovação custam R$ 136 para veículos de até 18 lugares, e R$ 272,60 para veículos com mais de 18 acentos. Além disso, os automóveis também devem estar com a faixa amarela identificando que é ‘Escolar’, possuir o número de registro na CPTrans, além de todos os quesitos de segurança estarem em dias, bem como a documentação exigida.

A CPTrans fica localizada à Rua Alberto Torres, 115, Centro. A vistoria deve ser feita de 9h às 17h30. A companhia pede a ajuda das famílias na hora de escolher o veículo que vai levar as crianças no trajeto casa x escola, escola x casa, bem como que denunciem a prática suspeita deste tipo de veículo pelo telefone 156.

A iniciativa é do Instituto Estadual do Ambiente com apoio da Prefeitura de Petrópolis

Com 768 produtores rurais, Petrópolis concentra parte desses produtores em áreas próximas a reservas ambientais e essa parte da população deve ficar atenta: o Instituto Estadual do Ambiente – Inea -, através da Gerência do Serviço Florestal (GESEF), iniciou o Projeto “CAR nas UCs”. O projeto, que conta com o apoio da prefeitura através do Departamento de Agricultura da Secretaria de Desenvolvimento Econômico consiste na elaboração do Cadastro Ambiental Rural (CAR) dos imóveis rurais localizados no interior e na zona de amortecimento das Unidades de Conservação (UCs) Estaduais.

Financiado com recursos da Câmara de Compensação Ambiental (CCA), operado pelo Fundo Brasileiro para Biodiversidade (FUNBIO) e executado pela empresa Ambientagro Engenharia, o CAR é um registro público obrigatório para todos os imóveis rurais e tem a finalidade de reunir as informações ambientais das propriedades e posses rurais, compondo base de dados para controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico e combate ao desmatamento.

Esse cadastro é o primeiro passo para a obtenção da regularidade ambiental do imóvel, sendo as informações cadastradas, recebidas, integradas e gerenciadas pelo Sistema de Cadastro Ambiental Rural (SICAR).

O CAR também é um facilitador para o acesso ao crédito agrícola e funciona como instrumento para planejamento do imóvel rural e acesso ao Programa de Regularização Ambiental (PRA).

Em Petrópolis as visitas ocorrem na região da Reserva Biológica de Araras.Os atendimentos estão sendo realizados mediante o prévio agendamento pelo telefone (24) 98155-7502. Além da execução dos CAR, a equipe do projeto realizará palestras de esclarecimentos sobre o tema e a capacitação de agentes públicos e privados, visando ampliar a rede de atendimento aos proprietários e posseiros de imóveis rurais.

As Unidades de Conservação contempladas com o Cadastro Ambiental Rural são: Parque Estadual Cunhambebe; Área de Proteção Ambiental de Mangaratiba; Parque Estadual do Desengano; Parque Estadual da Lagoa do Açu; Estação Ecológica Estadual de Guaxindiba; Parque Estadual da Pedra Branca; Parque Estadual do Mendanha; Área de Proteção Ambiental do Mendanha; Parque Estadual dos Três Picos; Reserva Biológica de Araras; Área de Proteção Ambiental da Bacia do Rio Macacu; Área de Proteção Ambiental de Macaé de Cima; Refúgio da Vida Silvestre do Médio Paraíba e Parque Estadual da Serra da Concórdia.

Em caso de dúvidas, os produtores também podem entrar em contato através do e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou, ainda, através dos telefones: Inea – Gerência do Serviço Florestal (GESEF), pelo telefone: (21) 2332-5521 e Ambientagro Engenharia, pelo telefone: (21) 99594-1654 e (24) 98155-7502

Evento acontece nos dias 22 e 23 de março

A edição da Conferência Municipal de Trânsito e Transporte de 2019 vai tratar do tema Mobilidade Urbana. O evento será realizado em dois dias, na sexta-feira (22.03), à noite e, no dia seguinte, no sábado (23), de 9h às 13h. O local está sendo definido. No evento serão escolhidos os 11 representantes e suplentes que irão compor o Comutran em 2019. As inscrições, seja para conselheiro ou para participar da Conferência – com direito a voto –, devem ser feitas do www.petropolis.rj.gov.br/cptrans clicando no link indicativo ou na sede da CPTrans até o dia 15 de março.

Destaque da programação será a apresentação do Plano de Mobilidade Urbana, o PlanMob. O documento elaborado pela Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) e pela população, por meio de conferências e audiências públicas e formulários respondidos pelo site está em fase final de redação, para ser apresentado à sociedade. Ele conterá às diretrizes que deverão ser desenvolvidas em Petrópolis pelos próximos 10 anos a partir da data que entrar em vigor.

A conferência também será o local onde serão decididos quais serão os novos membros do Comutran. Podem participar com direito à voz e voto, entidades com sede e Petrópolis e todos os cidadãos residentes no município, que já tenham completado 18 anos. O prazo para inscrição termina em 15 de março. Na sede da companhia, a inscrição pode ser feita nos dias úteis de segunda a sexta-feira, de 9h às 17h30, no endereço Rua Alberto Torres, nº 155, Centro.

Pacientes participam pelo segundo ano do bloco Alegria Sem Ressaca

Os pacientes e profissionais do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CapsAD III) já estão no clima do Carnaval. Neste domingo (17.02) eles vão compor o bloco Alegria Sem Ressaca com a ala chamada #Diversãosemagressão. A concentração será às 16h, na Orla de Copacabana, e cerca de 30 integrantes de Petrópolis vão descer a Serra para participar do desfile.  Esse é o segundo ano que a Secretaria de Saúde leva os pacientes assistidos pelo CapsAD para participarem do movimento que visa conscientizar sobre os danos do uso de bebida alcoólica.

O bloco Alegria Sem Ressaca foi criado há 16 anos pelo psiquiatra especialista em dependência química Jorge Jaber, presidente da Associação Brasileira de Alcoolismo e Drogas (Abrad). A iniciativa tem o intuito de promover a prevenção ao abuso do uso de álcool e outras drogas. A principal mensagem do bloco é mostrar que não é preciso beber para se divertir.

A paciente Ana Paula Câmara da Fonseca de Castro, 48 anos, está indo pela primeira vez e animação é o que não falta. Sendo acompanhada desde 2011 pelos profissionais do CapsAD III, ela comemora ter conseguido abandonar o consumo de bebida alcoólica e poder participar do movimento para conscientizar outras pessoas. “É muito importante poder mostrar para as pessoas que há solução. Eu não bebo mais e consigo me divertir sem usar drogas. Quero levar essa mensagem de que a vida é muito boa longe das drogas. Estou muito empolgada”, conta a paciente.

Para a coordenadora do CapsAD III, Leandra Iglesias, o relato de Ana Paula representa o que todos os envolvido, pacientes e profissionais, querem transmitir. A criação da ala #Diversãosemagressão visa chamar atenção para o fato de que o uso de drogas é responsável pelos altos índices de violência, acidentes e internações hospitalares que ocorrem durante o período do carnaval.

A Vila Isabel, que se programava para fazer um esquenta de Carnaval em Petrópolis neste fim de semana, terá o desfile adiado por conta da previsão de chuvas. A prefeitura ainda tenta viabilizar a apresentação na Cidade Imperial para a próxima semana, mas ainda não garantiu a data por conta proximidade com o Carnaval. Faltando menos de 20 dias para a folia, a escola está nos últimos preparativos, com o trabalho no barracão dia e noite, e também realiza os ensaios na quadra e na Sapucaí. A escola de samba vai contar a história de Petrópolis na avenida, com o enredo “Em nome do Pai, do Filho e dos Santos, a Vila Canta a Cidade de Pedro”. A Vila Isabel é a segunda escola a desfilar, na segunda-feira de Carnaval. A escola vai estar com mais de 3 mil componentes na avenida.

O Carnaval este ano acontece em março, mesmo mês em que se comemora o Dia da Mulher. O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim), pensando nessas duas datas importantes para a conscientização da violência contra a mulher, irá realizar a Campanha #Diversaosemagressao, com ações de prevenções nas escolas e nos blocos de Carnaval do município.

Em parceria com o Gabinete de Cidadania e o Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM), o conselho abrirá o calendário de ações no dia 1º de março com o ônibus Lilás, na Praça Alcindo Sodré, no Centro, oferecendo atendimento as mulheres e distribuindo material de conscientização de violência contra mulher, além de adesivar os veículos que passarem pelo local.

Durante a reunião do Comdim, nesta quinta-feira (14.02), entre as ações do Dia da Mulher, foi divulgado o Culto das Mulheres, marcado para o dia 12 de março, às 18h, na Casa dos Conselhos, e no dia 21 de março uma palestra do Deputado Estadual do Rio Grande do Sul, Edegar Pretto, engajado em atos de prevenção de violência contra a mulher, também na Casa dos Conselhos. Está previsto ainda palestras de conscientização nas escolas, realizadas pela equipe do CRAM, durante todo o mês.

O encontro também contou com a posse da nova conselheira do Comdim, Edna Queiroga, representando a associação de moradores do Quarteirão Suíço.

Primeiro dia de atividades é na próxima segunda e vai reunir 120 pessoas

Começa na próxima segunda-feira (18.02) a capacitação dos profissionais de ensino para trabalharem na política pública de Defesa Civil nas Escolas. O primeiro dia de atividades vai reunir 120 pessoas na Câmara Municipal e acontece de 8h às 17h. Representantes das Secretarias de Defesa Civil, Educação e de Meio Ambiente e da Coordenadoria de Bem-estar Animal ministram o treinamento, que tem como objetivo preparar os responsáveis pelas escolas para a inserção dos temas nas salas de aula. A proposta é que os alunos desenvolvam trabalhos práticos ao longo do semestre de acordo com as ameaças de desastres características de cada estação.

Iniciativa da atual gestão, a aplicação da lei é um passo importante no desenvolvimento de uma cultura de resiliência na cidade. Com 234 áreas de risco alto ou muito alto, a política pública é mais uma ação da prefeitura de prevenção aos desastres de origem natural. A iniciativa reforça todas as ações que trabalham a importância da percepção de riscos não só no ambiente escolar, mas também na comunidade.

Inédito no país, o Defesa Civil nas Escolas atende toda rede municipal de ensino, além de escolas particulares e estaduais que desejam aderir a proposta de maneira voluntária.

Para este ano, são duas as novidades: a inclusão do tema bem-estar animal vai permitir que os alunos fortaleçam a compaixão e o respeito pelos bichos, além da inclusão das escolas da rede e particulares que contam com educação infantil.

O segundo dia de capacitação é na sexta-feira (22.02) e vai contar com a participação de 160 profissionais de ensino. O local e o horário do treinamento é o mesmo.

Município recebe prêmio em campanha nacional pelo Defesa Civil nas Escolas

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) premiou a prefeitura pela inserção dos temas Defesa Civil e Educação Ambiental nas escolas da rede municipal de ensino. A instituição vai entregar um pluviômetro semiautomático e um kit educativo para serem usados dentro da política pública. A contemplação acontece dentro da campanha nacional #EducarParaPrevenir, criado pelo órgão nacional para as melhores atividades do país focadas em ERRD – Educação em Redução de Riscos de Desastres.

Evento acontece no CIE de Petrópolis e vai reunir jovens atletas e mestres da modalidade em apresentações e pequenos festivais

A terceira etapa do Agita Lutas acontece no dia 23 de fevereiro no Centro de Iniciação ao Esporte de Petrópolis, no Caxambu, de 10h às 11h30. Criado pela prefeitura com o objetivo de estimular a prática das artes marciais entre os jovens do município, o evento vai reunir atletas e mestres de judô divididos por faixas etárias em pequenos festivais e apresentações da modalidade.

A primeira fase do torneio, realizada em dezembro do ano passado, reuniu mais de 50 atletas de Tae-kwon-do e foi considerado um sucesso entre as academias presentes. A segunda etapa do Agita Lutas foi realizada no último dia 9 e reuniu jovens praticantes de Karatê.

Desde o início da gestão, a prefeitura investe em parcerias público-privada para trazer eventos de artes marciais para a cidade. No ano passado, foram realizados o Torres Fight Championship, a nona edição da Copa Petropolitana de Judô e o Open de Judô. Mais eventos serão realizados em 2019 em Petrópolis, como forma de incentivar as modalidades.

Escolhido pela prefeitura para receber os atletas no Agita Lutas, o CIE de Petrópolis tem ampla estrutura e conta com aulas gratuitas de jiu-jitsu, muay thai, karatê e judô para todas as idades. Os interessados em participar podem procurar a sede da Superintendência de Esportes e Lazer da cidade, que fica no Centro de Cultura Raul de Leoni, no Centro ou fazer contato com a unidade pelo telefone: 2233-1218.

Os quase 300 alunos da rede municipal de Educação que participam das oficinas extracurriculares no Centro de Referência em Educação Inclusiva João Pedro de Sousa Rosa, na Koeler, serão atendidos a partir do dia 26 no prédio anexo ao CEI Primeira Infância, também no Centro. A mudança do mobiliário e as adaptações necessárias para atender os alunos serão realizadas na próxima semana.

No CREI são atendidos os alunos, pessoas com deficiência, que se enquadram na modalidade de atendimento especial individualizado, ou seja, além das escolas regulares onde estão matriculados, os estudantes participam das oficinas e cursos no CREI no contraturno

De acordo com a Secretaria de Educação, a mudança no local de atendimento foi necessária porque assoalho da unidade, um prédio alugado, precisa de reforma. Para garantir que não houvesse descontinuidade, a Secretaria de Educação decidiu fazer a mudança.

Pelo menos 20 agentes participaram do primeiro dia da Campanha de Doação de sangue realizada pela Guarda Civil. A quarta edição da ação, vai até o dia 1º de março e mobilizou policiais, amigos e familiares para contribuírem com o estoque, que precisa se preparar para o período do Carnaval, em que o banco de sangue tem uma maior demanda.

Um único doador pode ajudar até quatro pessoas com a bolsa de sangue. Como o tempo de armazenagem podem variar (por exemplo, as plaquetas, usadas para coagulação, podem ser armazenadas por apenas cinco dias), é necessário que as doações sejam frequentes para atender toda a demanda.

O banco de sangue recebe em média 50 doadores por dia e o ideal seriam 70 pessoas voluntárias. A expectativa é que esta meta seja atingida com a ajuda da Campanha da Guarda Civil. “Estamos muito animados com a Campanha da Guarda. Ela já serviu de incentivo para outros órgãos de segurança, que já irão mobilizar suas corporações para virem doar. Esperamos ter o estoque cheio para o período do carnaval”, contou o captador de doações do banco de sangue, Vinicius Paulo Neves Pereira

“Eu sempre doei e participei de todas as campanhas. É importante participar é uma ação de cidadania e hoje estou aqui doando e contribuindo e amanhã eu ou alguém da minha família pode precisar. É uma consciência que todos deviam ter. Doar é salvar vidas”, disse a agente da Guarda, Rita de Cassia Motta, que está na corporação há 22 anos.

Podem doar todas as pessoas entre 18 e 60 anos, em bom estado de saúde e que pesem mais de 50 quilos. Jovens de 16 a 17 anos também podem doar acompanhados dos responsáveis. Não é necessário fazer jejum, mas é importante não ingerir alimentos gordurosos três horas antes da doação. Também não se deve consumir bebidas alcoólicas 12 horas antes. As únicas restrições são a diabéticos e pessoas que fizeram tatuagem ou colocaram piercing há menos de um ano. Pessoas que fizeram algum procedimento, como endoscopia só podem doar após seis meses da realização da intervenção. O banco de sangue funciona todos os dias, de 7h às 18h, na Rua Paulino Afonso, 477 – Bingen – Ao lado do HST.

Sexta, 15 Fevereiro 2019 21:40

Procon realiza ação voltada ao Carnaval

Iniciativa visa dar o correto direcionamento aos consumidores na folia de momo

Quando o assunto é Carnaval ninguém quer ter dor de cabeça. Por isso, o Procon Petrópolis realiza ao longo da próxima semana uma operação especial voltada à consumidores e comerciantes com o foco na informação. As ações ocorrem de segunda a sexta-feira com equipes nas ruas, distribuindo uma cartilha informativa e nas lojas do Centro e distrito, principalmente nas agências de viagens e os hotéis.

Dentre os destaques, o aluguel de imóveis para temporada é uma das situações que mais exigem cuidado por parte do consumidor. A dica é formalizar um contrato por escrito, guardar os comprovantes e recebido e exigir assinatura de todos os documentos pertinentes à locação. Antes, porém, é importante pesquisar localização, condições de acesso, infraestrutura daquele imóvel – principalmente se a casa for em outra cidade e não for possível fazer uma visita prévia.

Já quem optar por pacotes de viagens deve ficar atento às datas e horários de partida e chegada, acomodações, transporte e translado – se contratados. Caso algum dos serviços não seja cumprido, o consumidor tem direito de exigir o cumprimento das obrigações, conforme o artigo 35 do Código de Defesa do Consumidor – que destaca a prestação do serviço contratado ou a devolução do valor pago.

Um dos maiores temores, porém, é o cancelamento de viagem por parte da empresa contratada. Se isso acontecer deve haver a restituição integral de todos os valores pagos com atualização monetária. Mas, se quem desistir da viagem for o contratante, ele precisa comunicar por escrito à agência de turismo ou operadora, estando sujeito a pagamento de multa – se esta clausula estiver prevista no contrato.

Se a viagem for de ônibus, os bilhetes têm validade de um ano, podendo ser remarcadas em caso de o cliente se atrasar e mediante disponibilidade de acento no horário solicitado à operadora. Caso haja atrasos da partida do ponto inicial ou de parada durante o percurso por tempo superior a uma hora, o transportador tem por obrigação providenciar o embarque do consumidor em outra empresa que ofereça serviço equivalente para o mesmo destino e, se não houver, restituição imediata do valor pago pela passagem.

Notícias por data

« Fevereiro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28      

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP