Quinta, 21 Março 2019 18:48

Obra da UBS da Posse na reta final

Nova unidade terá 3 equipes médicas e poderá funcionar com terceiro turno

As obras da nova Unidade Básica de Saúde da Posse estão na fase final de conclusão, sendo feitas agora a instalação elétrica e os acabamentos em geral. A unidade, que contará com equipes da Estratégia da Saúde da Família, possibilitará o aumento do número de profissionais, passando a atender com três equipes para suprir a demanda de uma população de 12 mil moradores. A região conta ainda com o suporte da equipe da unidade de saúde do Brejal, com capacidade e atender cerca de 3 mil pessoas.

Os distritos vão estar supridos com a UBS da Posse e a UBS de Araras, também em fase final, e com a UPA de Itaipava, que a prefeitura já iniciaou procedimentos para a obra. A prefeitura está avançando para ampliar os serviços e oferecer suporte e qualidade pelos distritos.        

A unidade vai funcionar com três equipes de Estratégia da Saúde da Família, compostas por 3 médicos, 3 dentistas, 3 enfermeiras, 3 técnicos de enfermagem, equipe de administrativo e 15 agentes da saúde. Essa estrutura é maior do que a oferecida atualmente. Assim que o prédio estiver pronto será feita a transferência de toda a estrutura do prédio antigo, que funciona normalmente até que a nova sede fique pronta.

A nova unidade vai oferecer mais comodidade e acessibilidade para a população e vai contar com toda estrutura para o atendimento da população local. A Secretaria de Saúde vai fazer a transferência das equipes que já tem e vai implantar a terceira equipe. Com a estrutura da nova unidade e reforço da equipe, a UBS poderá funcionar com o terceiro turno.

A nova UBS conta com 9 consultórios, incluindo os de odontologia, sala de curativos, vacina e de realização de procedimentos entre os quais aferição de pressão arterial e glicose.

Unidade de saúde de Pedro do Rio

Além das duas UBS que estão sendo construídas, os distritos ainda contam com outra Unidade da Saúde da Família, em Pedro do Rio. A unidade conta com oito médicos, além de enfermeiros, dentista, fonoaudióloga e tem estrutura para aplicação de vacinas, realização de curativos e procedimentos de rotina. Mensalmente, cerca de 1600 pacientes dos arredores e de outras regiões da cidade são atendidos no local.

Foram 14kg de alimentos descartados contanto os que estavam sem identificação de validade e mal acondicionado

Denúncia sobre a venda de produtos vencidos em um mercado de Nogueira foi comprovada em fiscalização realizada pelo Procon nesta quinta-feira (21.03). Os fiscais do órgão de defesa do consumidor flagraram, além de produtos vencidos, alimentos sem a informação de validade, acondicionados de maneira impróprio, além de embalagens de carne pré moída em exposição para a venda. No total, a equipe descartou 14 quilos de alimentos do estabelecimento, que também recebeu autuação por conta da irregularidade.

Na ação, os fiscais encontraram pacotes de linguiça e embalagens de tomates e vagem vencidos – totalizando quase 4,5kg. Outro problema encontrado foram 3kg de pacotes de queijo minas e sobrecoxa sem nenhuma identificação de validade. Além disso, 500g de hambúrguer foi descartado por conta do acondicionamento inadequado. A equipe ainda flagrou embalagens de carne pré-moída, pouco mais de 6kg, expostas para a venda – o que é proibido em todo o estado do Rio de Janeiro.

O correto é que a moagem da carne seja feita na hora e na frente do cliente, evitando o contato prolongado com o ar, o que facilita o crescimento bacteriano no alimento. Então, a recomendação aos clientes é que não comprem produtos que estejam na bandeja ou em exposição na vitrine. O Procon continuará fiscalizando os supermercados e as irregularidades punidas com rigor.

Na última semana, um flagrante de crime contra o consumidor terminou na polícia. Os fiscais do Procon encontraram queijos e mortadelas reembalados após a validade ter vencido em Corrêas. No local, o Procon também encontrou outros produtos vencidos e com embalagens danificadas. Tanto neste caso, como o do flagrante desta quinta, os alimentos foram abertos e descartados conforme preconiza a legislação.

O Código de Defesa do Consumidor (CDC), o qual baseia às ações do órgão, considera impróprios produtos com prazos de validade vencidos, deteriorados, alterados, adulterados, avariados, falsificados, corrompidos, fraudados, nocivos à vida ou à saúde, perigosos ou, ainda, aqueles em desacordo com as normas regulamentares de fabricação, distribuição ou apresentação.

Denúncias sobre irregularidades podem ser feita na unidade do Procon que funciona na Rua Dr. Moreira da Fonseca 33, no Centro, ao lado da Câmara dos Vereadores. Os telefones para contato são o 2246-8469 / 8470/ 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Há, ainda, a unidade de Itaipava, que fica na Estrada União e Indústria 11.860, no Centro de Cidadania. Os usuários também têm como opção o WhatsApp Denúncia pelo 92257-5837 e o site www.petropolis.rj.gov.br/procon e o serviço de mensagens da página Procon Petrópolis no Facebook.

O trabalho de regularização fundiária em Petrópolis continuará com a parceria entre a prefeitura e o Instituto de Terras e Cartografias do Rio de Janeiro (Iterj). Além das áreas onde município e o órgão estadual já atuam, a intenção é chegar a mais locais e realizar a regularização plena, com a entrega dos títulos e infraestrutura para as comunidades. Hoje, quase 1,5 mil famílias estão em processo de regularização pelo município e mais de 5,3 mil em terrenos do Estado.

A Secretaria de Obras, Habitação e Regularização Fundiária se reuniu com a nova presidente do Iterj, Cláudia Franco, para apresentar todo trabalho feito em conjunto nos últimos dois anos e alinhar a atuação daqui para frente. O município busca aumentar o apoio dado pelo órgão para avançar ainda mais na questão da regularização fundiária.

Desde o início da gestão, a prefeitura se aproximou do Iterj e isso permitiu avançar com a regularização em alguns locais. No Samambaia, por exemplo, 60 famílias já assinaram as escrituras e estão muito perto de receberem os títulos definitivos de posse. Isso só foi possível porque, graças a essa parceria, foi possível conseguir acelerar a confirmação de cadastros, levantamentos topográficos, passar toda documentação em cartório. Essa parceria é importante para que o município continue no caminho de reconhecer o direito à moradia dessas famílias e possa levar esse trabalho para cada vez mais locais.

Além no Samambaia, a prefeitura já está em processo de regularização fundiária de famílias que moram em área de Atílio Marotti, Vicenzo Rivetti, Pedras Brancas, Siméria, Alto da Derrubada, Castelo São Manoel e Vale do Carangola. Na Vila São José, no Bingen, esse trabalho já está em fase de elaboração de escrituras para que sejam assinadas pelos moradores e, em seguida, registradas em cartório.

O Iterj também realiza o trabalho em outros locais dentro da cidade, como Unidos Venceremos (Retiro), 24 de Maio (Centro), Morro do Alemão (Retiro), Madame Machado (Itaipava), Vista Alegre (Araras), Contorno (Bingen), Moinho Preto (Mosela), Santa Luzia (Araras), Meio da Serra, Vila São Francisco (Serra Velha), Vale do Cuiabá (Itaipava), Duques, Agnela, Vila das Sete Casas, Arranha-Céu, Sumidouro e Bambuzal (todas ao longo da BR-040), Bonfim (Correas), Morro do Gavião (Fazenda Inglesa), Sítio do Pica-Pau (Dr. Thouzet) e João Xavier.

“Todo esse trabalho desenvolvido em Petrópolis foi apresentado à nova presidente do Iterj, que está chegando agora, para que ela saiba o que está sendo feito aqui e como a gente pode avançar nesse processo. Pudemos mostrar as necessidades de ampliar esse apoio que o município tem para conseguir realizar a regularização plena, com a entrega dos títulos e infraestrutura”, destacou a subsecretária de Obras, Habitação e Regularização Fundiária, Raquel Mota. Ela esteve acompanhada do diretor de Habitação e Regularização Fundiária, Antônio Neves.

“É importante essa cooperação técnica com a prefeitura, que dá celeridade e praticidade a esse trabalho. E nós queremos ampliar isso”, afirmou a presidente do Iterj, Cláudia Franco.

O assessor da Secretaria de Estado de Cidades, Bernardo Cardozo, também participou da reunião.

Exames são feitos semanalmente com entrega de laudos em 15 dias

Mais um Posto de Saúde da Família passa a contar com a coleta de sangue para análise laboratorial. Nesta quinta-feira (21.03), a unidade de Machado Fagundes, na Estrada da Saudade, iniciou a realização de exames, que inclui também urina e fezes. A Secretaria de Saúde concluiu, ao longo desta semana, a implantação do serviço com as últimas cinco equipes, que atuam também em outras quatro unidades de saúde – Boa Vista, Nova Cascatinha, Estrada da Saudade I e II. O funcionamento desses postos conta com a parceria da Fundação Octacilho Gualberto e ainda não realizavam o procedimento.

Agora todos os postos de saúde e unidades básicas do município oferecem os exames. A prefeitura está conseguindo ampliar os serviços na área de Saúde e atender com mais qualidade a demanda do município. A prefeitura vem avançando na área de Saúde, que tem absorvido o atendimento de cerca de 40 mil usuários que migraram de planos de saúde para a rede pública.

O município conta agora com 53 unidades de saúde habilitadas para fazer exames laboratoriais. Em pareceria com o laboratório Salomão e Pardelhas, os exames são feitos toda semana, com agendamentos em dias específicos em cada unidade. Os resultados são entregues em 15 dias após a coleta de material. Em casos urgentes, esse prazo pode ser reduzido e os usuários podem buscar os laudos na própria unidade onde foi atendido, diretamente no laboratório ou pela internet, com a obtenção de senha de acesso fornecida pelo laboratório de análises.

A cidade concluiu a implantação do serviço em todas as unidades, facilitado o atendimento aos pacientes que agora conseguem fazer os exames de sangue, urina e fezes nas suas regiões, sem precisar se deslocar. Com isso, o município oferece mais qualidade e comodidade.

A realização dos exames nas unidades de saúde oferece mais comodidade e agilidade no atendimento. Os usuários da rede passam a ter mais uma alternativa para a coleta de sangue. Paciente do posto Machado Fagundes, a auxiliar de serviços gerais, Gisele Carvalho, 39 anos agora consegue fazer o atendimento completo na unidade. “Agora ficou mais fácil. Antes eu tinha que acordar de madrugada para pegar senha em laboratório no Centro da cidade. Para quem tem filho fica difícil”, relata a paciente. A educadora Jeanine Tavares, de 22 anos, fez seu exame no primeiro dia de funcionamento do serviço no posto. “Agora temos a garantia de que o exame vai ser feito, pois muitas vezes saia de casa cedo e quando chegava no laboratório já não tinha mais senha. Aqui ficou mais organizado, basta agendar e sei que vou conseguir fazer o exame”, conta Jeanine.

Escolas que mobilizarem mais pessoas ganham pontos dentro das competições

O esporte como ferramenta de solidariedade. Uma parceria entre a prefeitura e o Banco de Sangue Santa Teresa busca incentivar as escolas que participam dos jogos estudantis a doarem sangue no período em que ocorrem as competições. As instituições de ensino que levarem o maior número de pessoas para a mobilização ganharão pontos equivalentes a uma modalidade esportiva. A ação tem como objetivo abastecer os estoques do banco, que atende as duas UPAs da cidade, o CTO, o Hospital Unimed e o próprio Hospital Santa Teresa, que é referência em atendimento de feridos de acidentes de trânsito.

Os jogos estudantis mobilizam uma grande quantidade de pessoas, entre alunos, professores e familiares. A prefeitura vai incluir a doação como se fosse mais uma modalidade esportiva, valendo pontos dentro da competição. A expectativa é que as escolas abracem a ideia, mobilizando uma grande quantidade de pessoas para a ação.

Um único doador pode ajudar até quatro pessoas com a bolsa de sangue. Isso porque o material colhido é separado e podem ser usadas plaquetas, hemácias, plasma e criopreciptado – cada um com uma função diferente. Como o tempo de armazenagem também varia (por exemplo, as plaquetas, usadas para coagulação, podem ser armazenadas por apenas cinco dias), é necessário que as doações sejam frequentes para atender toda a demanda.

Podem doar todas as pessoas entre 18 e 60 anos, em bom estado de saúde e que pesem mais de 50 quilos. Jovens de 16 a 17 anos também podem doar acompanhados dos responsáveis. Não é necessário fazer jejum, mas é importante não ingerir alimentos gordurosos três horas antes da doação. Também não se deve consumir bebidas alcoólicas 12 horas antes.

As únicas restrições são a diabéticos e pessoas que fizeram tatuagem ou colocaram piercing há menos de um ano. Pessoas que fizeram algum procedimento, como endoscopia só podem doar após seis meses da realização da intervenção. O banco de sangue funciona todos os dias, de 7h às 18h, na Rua Paulino Afonso, 477 – Bingen – Ao lado do HST.

Segundo o captador de doações do banco de sangue, Vinicius Paulo Neves Pereira, o banco recebe em média 50 doadores por dia e o ideal seriam 70 pessoas voluntárias. A expectativa é de que esta meta seja atingida com a ajuda das escolas. “Como as escolas podem conseguir pontos com a doação, a gente acredita que a campanha vai aumentar o número de doações diárias”, ressaltou.

Neste ano, serão nove modalidades disputadas no Jeups, sendo cinco coletivas: basquete, futebol de campo, futsal, handebol e vôlei; e quatro individuais: tênis de mesa, xadrez, judô e atletismo. A competição acontece em três categorias: sub-13, 15 e 18. As escolas interessadas em participar podem se inscrever entre os dias 11 de março e 4 de abril no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Além do Jeups, a campanha também vai valer para os Jogos Estudantis Municipais.

O Jeups é uma atividade importante, que vai além da sala de aula, contribuindo também com o lazer dos alunos. A prática esportiva é sinônimo de saúde e de qualidade de vida, além de contribuir na formação pessoal dos estudantes. Os números do ano passado foram muito positivos e a Superintendência de Esporte e Lazer espera aumentar o número de atletas que participam dos jogos.

Já está disponível a lista com o resultado do processo seletivo para estagiários da Prefeitura. Os candidatos podem conferir pelo site da prefeitura www.petropolis.rj.gov.br os nomes dos aprovados. São 195 vagas disponíveis em vários setores do governo. Os candidatos aprovados devem apresentação a documentação no CIEE, localizada à Av. Dom Pedro I, 374 – Centro.

A prova que aconteceu no dia 24 de fevereiro, contou com 1.172 candidatos entre Ensino Superior e Médio, em oito unidades escolares do município. Todo o desenvolvimento do processo aconteceu em parceria com o Centro de Integração Empresa Escola (CIEE). Os aprovados do Ensino Superior deverão entregar a documentação informada no ato da inscrição no CIEE até o dia 17 de abril, já os do Ensino Médio a partir do dia 23 de abril até 7 de maio.

Há sete anos a bolsa auxilio não era reajustada e este ano a prefeitura conseguiu atualizar o valor para incentivar ainda mais os jovens a participarem. O objetivo é que os jovens entrem com experiência e qualidade no mercado de trabalho da cidade. Investir nos jovens é primordial para o município, e as vagas são uma oportunidade para esses estudantes.

A bolsa auxilio dos estagiários foi reajustada em janeiro deste ano – Ensino Médio em 47,27%; Ensino Superior em 63% para alunos que estão no início do curso e 78,76% de reajuste para alunos que estejam cursando do meio para o final do curso.

O candidato aprovado terá auxilio transporte, bolsa auxilio e contrato de um ano, podendo ser prorrogado.  A prova objetiva teve 30 questões, sendo 10 de língua portuguesa; 5 de matemática; 5 de informática; 5 de ética e comportamento no trabalho e 5 questões de história e geografia de Petrópolis.

Roda de conversa vai debater questões ambientais importantes, como a preservação da Mata Atlântica

A Secretaria de Meio Ambiente está promovendo uma série de ações educativas para os alunos da rede municipal de ensino neste mês de março. Serão realizadas aulas temáticas em ambientes públicos, palestras e doação de mudas para o plantio. O próximo trabalho envolve os alunos da E.M. Paula Buarque, na região do Vale do Cuiabá, com uma roda de conversa sobre a importância da preservação da Mata Atlântica e da água, nesta sexta-feira (22.03). A ideia é que os jovens aprendam sobre as mais diversas questões de educação ambiental, com o objetivo de preservar as áreas verdes do município.

Petrópolis é uma cidade com diversos recursos naturais e é precisao garantir que eles sejam cuidados. A cidade tem também o Defesa Civil nas Escolas, que aborda temas importantes para a cidade. O trabalho com os estudantes vai trazer benefícios para o futuro da cidade.

O calendário continua na próxima segunda-feira (25.03), quando será a vez dos estudantes da E. M. Hercília Henriques Moret, em Corrêas, receberem os técnicos da pasta para debate sobre unidades de conservação. As palestras estimulam os jovens a aprenderam sobre diversas questões ambientais que influenciam o dia a dia de cada um.

É importante que a população saiba a importância de manter as áreas verdes do município. A Secretaria de Meio Ambiente acredita que as crianças tenham o poder de ensinar os seus familiares, multiplicando o conhecimento. Também serão realizadas outras ações com os alunos, além da sala de aula.

Além das ações nas escolas, a campanha permanente de recolhimento de lixo eletrônico da Secretaria de Meio Ambiente acontece no próximo dia 29 na Praça Dom Pedro. Com mais de três toneladas de produtos recebidos nas três etapas realizadas até o momento, o trabalho será realizado também nos distritos da cidade.

Equipamentos eletrônicos podem causar a contaminação de solo e da água. É importante lembrar que esse tipo de lixo foi criado por seres humanos e que é precisao descartar de maneira correta, sem prejudicar a natureza.

A campanha é mais uma ação do projeto Inteligência Ambiental (IA) do setor de educação ambiental, criado pela pasta 2017 com o objetivo de conscientizar a população da importância da preservação ambiental. Também são realizados trabalhos de orientação nos bairros e nas escolas, dentro do Defesa Civil nas Escolas – que engloba também o Meio Ambiente.

É preciso trabalhar desde a infância a importância de preservar a natureza. São ações importantes, como o plantio de árvores e aulas ar livre, que marcam as crianças. Os jovens são ferramenta propagadoras de informação e muitas vezes, educam os pais e adultos.

O Dia Mundial da Água é comemorado nesta sexta-feira (22.03). Para celebrar a data, o Centro Cultural Estação de Nogueira, em parceria com o Sesc Nogueira receberá no sábado (23.03), às 11h, uma Roda de Conversa com o tema ‘Conhecendo uma bacia hidrográfica – Origem e destino da água no uso múltiplo’. O encontro faz parte da ação do Sesc ‘Março das Águas’ que ainda conta com oficinas, cursos e teatro.

O debate será ministrado pela analista de Meio Ambiente, Daniela Lorenzo junto à equipe do Instituto Estadual do Ambiente (INEA), após uma visita mediada no Lago de Nogueira. O objetivo é conscientizar a população, inclusive os moradores da região sobre o uso correto da água, sem desperdício, além das questões de ocupação urbana e seus impactos, tratamentos da água, entre outros.

“Queremos que as pessoas compreendam os problemas apresentados e as soluções das questões ambientais e que na Roda de conversa, elas possam propor, estudar e desenvolver ideias. O encontro traz questões amplas que gerem debates como novas tecnologias e reaproveitamento das águas da chuva”, contou a analista de Meio Ambiente do Sesc, Daniela Lorenzo.

Dentro da programação, ainda no sábado, às 15h, no Sesc Nogueira, o espetáculo “Nas águas da realeza, uma viagem pelo Velho Chico. No domingo (24.03), aberto ao público, (com inscrição pelo telefone 2236-1280) o curso de Aquaponia de 10h às 16h, também na sede da instituição, ministrado pela bióloga Michele Almeida da Cunha. O Curso aborda o sistema de produção de alimentos que combina agricultura convencional com hidroponia. No mesmo dia acontece de 11h às 14h a primeira edição da Vivência e troca solidárias.

É muito importante fortalecer a cultura também nos distritos. Para que a cultura esteja sempre acessível para o morador. Descentralizando as ações do Instituto.

A delegada da 106ª Delegacia de Polícia, Juliana Ziehe realizou uma palestra nesta quinta-feira (21.03) na escola municipal Professor Maria Campos Silva sobre violência contra mulher. A delegada foi a convite da coordenadora do Gabinete da Cidadania, Anna Maria Rattes, em celebração ao mês da mulher. Mais de 200 alunos participaram do encontro.

Na foto: delegada da 106ª Delegacia de Polícia, Juliana Ziehe; a diretora da unidade escolar, Raquel Cunha; coordenadora do Gabinete da Cidadania, Anna Maria Rattes e a inspetora da Polícia Civil Mariana Marinho.

O tema das produções para 2019 é “O lugar onde vivo”

A escritora mineira Conceição Evaristo é a grande homenageada nesse ano da Olimpíada de Língua Portuguesa que está com inscrições abertas até o dia 30 de abril. Podem participar da competição professores da rede pública e seus alunos do 5º ano do Ensino Fundamental até o 3º ano do Ensino Médio. A Olimpíada de Língua Portuguesa é um concurso de produção de textos para alunos de escolas públicas de todo o país. Iniciativa do Ministério da Educação e do Itaú Social, com coordenação técnica do CENPEC, a Olimpíada integra as ações desenvolvidas pelo Programa Escrevendo o Futuro. Informações e inscrições no site www.escrevendoofuturo.org.br.

O tema das produções nesse ano é “O lugar onde vivo”. Uma das principais novidades para a 6ª edição é a inclusão de um novo gênero/categoria de inscrição, entre os já existentes: o Documentário. Professores e estudantes de todo o Brasil contarão com o apoio do Escrevendo o Futuro para a realização das oficinas em sala de aula. Serão cinco gêneros, distribuídos da seguinte maneira: Poema (5º ano do ensino fundamental), Memórias Literárias (6º e 7º anos do ensino fundamental), Crônica (8º e 9º ano do ensino fundamental), Documentário (1º e 2º anos do ensino médio) e Artigo de Opinião (3º ano do ensino médio).

É importante que as escolas participem dessa olimpíada, que estimula o desenvolvimento de gêneros textuais, o que agrega conhecimento para esses jovens. A cidade tem muitos talentos na rede municipal de Educação e os resultados das olimpíadas revelam isso. Alunos petropolitanos já são reconhecidos pelas ótimas notas na Olimpíada de Matemática e a Secretaria de Educação acredita que encontrará muitos talentos nessa competição de Língua Portuguesa.

Segundo a organização da Olimpíada, as premiações para semifinalistas, finalistas e vencedores nas categorias Poema, Memórias Literárias, Crônica, Artigo de Opinião e Documentário também reservam surpresas e novidades que serão divulgadas em breve, inclusive com o lançamento de um caderno de orientação.

Dando sequência ao trabalho de educação para o consumo proposto pelo Procon, o órgão de defesa do consumidor levou, na noite desta quarta-feira (22.03), o presidente da OAB Petrópolis, Marcelo Sheiffer, para palestrar para os estudantes da Universidade Estádio de Sá, no Bingen. O advogado se uniu ao coordenador do órgão, Bernardo Sabrá, para falar para mais de 150 pessoas a história em torna da legislação de defesa do consumidor, a criação do CDC, além dos recentes casos pacificados a favor dos consumidores. A ação faz parte do Mês do Consumidor.

Para conhecer soluções mundiais em Smart City que estão contribuindo para o desenvolvimento e melhoria da vida em sociedade na área tecnológica, a equipe do Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Desenvolvimento Econômico está participando do Smart City Expo Curitiba 2019, evento que está ocorrendo no Expo Barigui em Curitiba. O Congresso conta com palestras e apresentação de soluções sobre os temas diversificados como as tecnologias para cidades inteligentes, governança em cidades digitais, cidades criativas, sustentáveis e humanas e planejamento de cidades inovadoras e inclusivas.

A tecnologia é um setor em crescimento em todo o Brasil e, em Petrópolis, o cenário não é diferente. A cidade abriga várias empresas que se destacam nesse setor, como as que estão no Serratec. O município tem o LNCC com os Super Computador Santos Dumont, além de cursos acadêmicos que formam mão de obra especializada e é por isso que é necessário conhecer as experiências de sucesso em outras cidades e planejar o que pode ser aproveitado para tornar Petrópolis cada vez mais inteligente.

O evento conta com 6 mil especialistas e 80 representantes de cidades brasileiras. O Congresso é uma grande imersão para empresas, pesquisadores e representantes mundiais que buscam conhecer e discutir sobre os conceitos de cidades inteligentes.  Petrópolis tem alguns desafios que podem e devem usar a tecnologia como auxilio, como é o caso da mobilidade urbana e de novos modelos de educação. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico espera que as ideias inovadoras apresentadas no congresso possam ajudar em Petrópolis.

Entre os temas abordados no evento estão: Inteligência Artificial, Centros de Monitoramento, Transformação Digital - Startups e Empreendedorismo, Visualização de Dados - Monitoramento Remoto, Gerenciamento de dados, Inteligência e algoritmos, Comunidades Inteligentes, Economia Colaborativa e Inclusão social.

“Tivemos a oportunidade de conhecer cases e participar de debates sobre temas relacionados às smart cities, como planejamento urbano, mobilidade, governança, novas tecnologias e sustentabilidade, aprendizado único para quem lida com tecnologia”, afirma o diretor do Departamento de Ciência e Tecnologia, Marcelo Simões.

Essa é a segunda edição do evento chancelado pela FIRA Barcelona, consórcio público formado pela Prefeitura de Barcelona, Governo da Catalunha e Câmara de Comércio de Barcelona, e que é o organizador do Smart City Expo World Congress, maior evento do mundo sobre cidades inteligentes, realizado anualmente em Barcelona. O iCities, empresa curitibana especializada em soluções para smart cities, é a responsável pela organização do evento no Brasil, em parceria com a Prefeitura Municipal de Curitiba e Vale do Pinhão.

Notícias por data

« Março 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP