Faltando 10 dias para o início da 30ª edição da Bauernfest, o Palácio de Cristal começa a tomar os ares de um burgo alemão. Nesta terça-feira (04.06), a Prefeitura iniciou a montagem da festa no espaço do Palácio. Camarins e tendas com banheiros iniciaram a instalação pela manhã, assim como os banheiros químicos. Na sequência, serão montadas as barracas de vendas de comidas e bebidas típicas, estas ainda em processo licitatório. Banheiros químicos estão sendo instalados ao lado da Casa Barão de Mauá local onde também será montado o restaurante da festa.

A cada ano, a Prefeitura aprimora um pouco mais a estrutura da festa. Nesta edição, foi programado a disposição das estruturas de forma a ganharmos mais espaço para circulação do público.

O tempo chuvoso não vai atrapalhar a montagem da festa, garante a TurisPetro. A meta era começar com mais intensidade na segunda-feira, mas o temporal retardou. Mesmo com o mau tempo, as instalações serão feitas de forma apropriada.

O início da montagem da festa ocasionou mudanças no trânsito, mas na avaliação da CPTrans, assim como no ano passado, as alterações foram positivas.  A  Alfredo Pachá fica fechada até o dia 30 de junho. Assim, a Padre Siqueira teve a mão invertida para o sentido Roberto Silveira.

“A mudança não surtiu impacto negativo e o trânsito flui bem. E as demais mudanças também têm previsão de serem bem absorvidas”, afirma Luciano Moreira, diretor técnico e operacional da CPTrans.  A partir do dia 14, quando tem início a Festa do Colono Alemão, outras mudanças também serão implementadas em ruas do entorno da festa.

A Comdep também está trabalhando para deixar o Palácio de Cristal pronto para a Festa. O Departamento de Obras da empresa está fazendo a revitalização da pintura em todo entorno do principal espaço da festa e fará troca de lixeiras pequenas, que ficarão à disposição para o público descartar copos e outras embalagens de menor volume. O setor de jardinagem fez a manutenção de canteiros, flores e corte de grama. Ainda será feita limpeza e lavagem de toda a área nesta semana. 

Nova unidade adotou o funcionamento em horário estendido, todos os dias das 8h às 20h

Nos três meses de funcionamento, o novo Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) reinaugurado em fevereiro, na rua Monsenhor Bacelar, 370, no Centro - realizou aproximadamente 1300 atendimentos. Além de novas instalações, com maior acessibilidade, a unidade retomou a implantação de próteses dentárias. Um maior número de consultas tem sido ofertado a partir da ampliação do horário de funcionamento. A unidade está aberta de segunda a sexta-feira, em três turnos, manhã, tarde e noite, das 8h às 20h.

No local são realizadas cirurgias bucomaxilofacial, tratamento de canal, gengiva, patologias e traumas orais, atendimento especializado a pacientes com necessidades especiais, implantação de prótese e exames de radiologia. A unidade oferece estrutura de qualidade, com profissionais especializados para o atendimento à população. O Centro de Especialidades Odontológicas tem um número maior de serviços, com mais acessibilidade para os usuários da rede pública.

Um dos destaques desse período de retomada dos atendimentos, tem sido a implantação de próteses. Nesses três primeiros meses, 81 atendimentos para a especialidade já foram realizados. O processo para a colocação das próteses pode levar de 30 a 40 dias, até que o serviço seja concluído. Após passar pela primeira consulta, os pacientes realizam outras três provas até que o molde seja concluído. Os profissionais agora contam com estrutura que favorecem um atendimento de qualidade. O resultado desses primeiros três meses de funcionamento mostra isso.

O auxiliar de serviços gerais, Silvio Mathias, 53 anos, foi um dos primeiros a realizar a implantação de prótese na unidade. Há 12 anos esperando para realizar o tratamento, hoje ele comemora o novo sorriso. “Eu precisava renovar minha prótese, mas não conseguia fazer o tratamento porque é muito caro. Aqui surgiu a possibilidade e consegui fazer. Estou muito satisfeito. Esse é um serviço muito importante para a população”, destaca Silvio.

A auxiliar de saúde bucal, especializada na implantação de prótese, Amucha Neumann destaca que o serviço tem garantido a qualidade de vida das pessoas. “Essa habilitação dentária é muito importante para a população. Vemos pessoas que não possuem mais os dentes, com dificuldade de se alimentar e de conseguir emprego. Estamos conseguindo devolver o sorriso para essas pessoas”, destaca a profissional.

A dona de casa, Cristina da Silva, 38 anos, moradora do Alto da Serra, foi concluir nesta terça-feira o tratamento de canal. “Achei o atendimento e toda a estrutura muito bons. Esse serviço é muito importante para a população, muitos não podem pagar e aqui temos toda a assistência”, destaca a paciente.

O atendimento aos pacientes com necessidades especiais têm sido outro diferencial. Com equipe preparada, no local é possível realizar todos os procedimentos. Os casos de cirurgias mais complexas são encaminhados para o Hospital Alcides Carneiro, onde uma vez ao mês, o centro cirúrgico abre vaga especialmente para esses pacientes. O tratamento de casos de trauma, causados por acidentes, também são avaliados e havendo necessidade, os pacientes são recomendados para o Hospital Santa Teresa para a conclusão de cirurgias.

O encaminhamento para o Centro de Especialidade Odontológica é feito através das unidades de saúde da rede de atenção básica do município. Os casos atendidos em unidades que possuem profissional de saúde bucal, são encaminhados para uma das unidades especializadas. Além da unidade do Centro, o município conta com outra que funciona em Corrêas, na rua Vigário Corrêa, 61. Juntas, as duas unidades realizaram, de janeiro a abril, cerca de dois mil atendimentos.

“A rede de atenção básica são porta de entrada para os pacientes e contamos com as duas unidades para o atendimento especializado. A retomada da implantação das próteses e o atendimento em horário estendido, são alguns dos ganhos que tivemos com a nova unidade”, destaca Carla Collis, diretora do Departamento de Saúde Bucal da Secretaria de Saúde.

A unidade conta com 13 profissionais, sendo quatro para área de endodontia, dois de periodontia, três para cirurgias, um para análise de patologias, um para próteses, um para o atendimento especial e um profissional para realizar os exames de raio x. Ao todo são cinco consultórios, com adaptação para tratamentos especializados, acesso para cadeirantes ou pessoas com alguma dificuldade motora.

O trabalho de limpeza e desobstrução de ruas na Posse, iniciado ainda na noite de segunda-feira (03.06), continuou na manhã desta terça (04.06) em locais como a Estrada Silveira da Motta e União e Indústria. No Brejal, a equipe regional da prefeitura no distrito atuou até 22h de segunda para retirar as árvores que impediam os produtores rurais de escoar hortaliças e legumes. Já pela manhã desta terça, outra equipe fez a remoção completa de galhos e troncos, serviço que continuou à tarde desta terça-feira (04.06).

Com o trabalho de segunda, 12 produtores rurais conseguiram levar a produção ao Ceasa, no Rio, com mais de R$ 150 mil em produtos. "O pessoal das fazendas conseguiu passar depois da desobstrução e descer para o Rio. Caiu árvore para todo lado, derrubou postes, mas o pessoal trabalhou a noite toda, colocaram postes novos e a luz voltou às 5h", contou o morador do Brejal, Darli Fontainha Rocha.

A equipe regional da Posse trabalhou desde as primeiras horas pós-chuva, priorizando num primeiro momento o desbloqueio das ruas, principalmente na região do Brejal, para os agricultores escoarem a produção.

A queda das árvores foi reflexo da chuva e da ventania da tarde de segunda, que também derrubou postes e deixou moradores sem luz. A Enel também foi acionada para fazer a remoção de árvores e restabelecer o fornecimento de energia. À tarde, a equipe regional removeu da pista outra árvore que caiu na localidade Jacuba.

Nas últimas 24 horas, o bairro com maior acumulado de chuva é o Independência, com 44 milímetros. No mesmo período, no Dr. Thouzet, choveu 33 milímetros. A Defesa Civil segue em estado de atenção devido a previsão de chuva a qualquer momento nesta terça-feira (04.06). Todo o contingente de 55 agentes permanece de prontidão para atender aos chamados dos moradores. Os moradores devem ligar para o 199 e informar em caso de ocorrência. A Defesa Civil segue atenta a previsão e mantém contato direto com os responsáveis pelos pontos de apoio nas comunidades.


Com a meta de arrecadar duas mil peças de frio, a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias iniciou nesta terça-feira (04.06) a terceira edição da campanha de arrecadação de agasalhos e cobertores. Uma barraca está montada na Praça Dom Pedro para receber o material, além da sede da Defesa Civil, na Rua Buarque de Macedo, 128, no Centro, ser ponto de recolhimento. O encerramento será no dia 5 de julho, quando acontece uma Festa Julina solidária aberta para a população. 

A ação faz parte do Plano Inverno municipal, que busca enfrentar as ameaças da estação com ações em dois eixos: operacional e humanitário. Também estão previstas a doação de sangue dos agentes no Dia Mundial do Doador e uma ação inédita no Dia dos Pais, no Sanatório Oswaldo Cruz (SOC) em Corrêas. Dentro da gestão, a Defesa Civil também está próxima da população no período de normalidade, sem as chuvas fortes, com a ajuda humanitária.

No dia 5 de julho acontece, a Defesa Civil faz a Festa Julina Solidária, com barracas de salsichão, canjica, pipoca doce e salgada, paçoca e doces de amendoim, maçã do amor, caldos de ervilha e de aipim, além de música ao vivo, tudo de maneira gratuita para a população. O evento é o encerramento da campanha do agasalho, com uma festa aberta para todos os petropolitanos.

Além do trabalho humanitário, dentro do Plano Inverno municipal estão previstos o sobrevoo de um drone nas áreas propensas às queimadas em apoio aos órgãos ambientais; o Defesa Civil nas Escolas, reforçando as orientações sobre prevenção no ambiente escolar; e a Blitz Verde, que são operações de caráter educativo, com a entrega de panfletos nas comunidades. O trabalho preventivo é importante para conscientizar a população dos problemas causados pelas queimadas. São duas frentes de trabalho importantes e a Defesa Civil conta com o apoio dos petropolitanos.

Desde o início da atual gestão, a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias promoveu duas campanhas do agasalho e duas Festas Julinas, arrecadou chocolates colaborando com a Páscoa da Sociedade Pestalozzi; distribuiu rosas em lares de idosos da cidade no Dia das Mães, organizou a doação dos agentes no Banco de Sangue Santa Teresa no Dia Mundial do Doador de Sangue, além de entregar para a Creche Santo Antônio, da Paróquia de Santo Antônio e Santo Agostinho em Nogueira.

 

Mais de 2,5 mil pessoas atendidas regularmente com atividades físicas gratuitas. O Agita Petrópolis está presente em 16 bairros proporcionando mais saúde e qualidade de vida da população. O núcleo que funciona no Contorno, por exemplo, conta com aulas de dança e ginástica para um grupo de 35 pessoas. A atividade acontece duas vezes por semana - às terças e quintas-feiras - na sede da ONG Aldeia da Criança Alegre Kinderdorf. Podem participar adolescentes, adultos e idosos. Quem estiver interessado em participar das atividades, pode se cadastrar no local ou na Superintendência de Esportes e Lazer através do telefone: 2233-1218.

Os mais variados ritmos são trabalhados em uma aula de cerca de uma hora. A dança promove a melhora na coordenação motora, autoestima, no combate a depressão, entre outros benefícios para a saúde. Perder peso e ganhar qualidade de vida são os principais objetivos da turma. A prefeitura vai ampliar ainda mais o Agita Petrópolis até o fim do ano, para que ainda mais petropolitanos estejam ativos, praticando alguma atividade.

Quem participa das atividades percebe a importância dos exercícios no dia a dia. A costureira Jussara Germano, de 31 anos, conta que a família tem um histórico de diabetes e que o médico recomendou a prática esportiva regular. “Nem sempre a gente tem condição de pagar academia, então a nossa turma foi muito importante para que eu conseguir realizar algum exercício. Já perdi peso e sinto que meu condicionamento melhorou também”, garantiu.

O Agita Petrópolis também atende o Contorno com aulas de futebol society para meninos e meninas aos sábados de 13h até 14h30. O projeto infantil é de iniciação esportiva, contando com um professor de educação física responsável e um estagiário nos treinamentos. É preciso estimular os jovens dentro do esporte. Além de ser importante para a saúde, é uma ferramenta de inclusão social.

O programa foi criado pela atual gestão e oferece de maneira gratuita aulas de ginástica, alongamento ou dança no Contorno, Centro, Cascatinha, Vila Rica, Bairro da Glória, Caxambu, São Sebastião, Alto da Serra, Retiro, Bataillard, Oswaldo Cruz e Madame Machado. No Meio da Serra e no Pedras Brancas, são turmas de futsal e no Amazonas e Contorno de futebol society. Na Estrada da Saudade, o basquete e o vôlei acontecem na Fábrica do Saber.

Além do programa regular, o governo municipal mantém parcerias com projetos sociais e também oferece diversas modalidades esportivas nos PSFs, nas Academias da Saúde e nas Escolas Municipais. Também voltou a ser realizado neste ano o Festival das Comunidades - projeto itinerante pelas quadras comunitárias nos bairros da cidade.

O acesso a prática esportiva regular é prioridade da gestão. A Superintendência de Esporte e Lazer vai aumentar a oferta nas comunidades ao longo deste ano, garantindo que mais pessoas tenham acesso as mais diversas modalidades de maneira gratuito. Os benefícios para a saúde são diversos, além de agregar no convívio social.

Trabalhos estão previstos, caso não chova, para Itamarati e Retiro, além da conclusão na Rua do Imperador 

O Departamento de Iluminação Pública programou para esta quarta-feira (05.06) a sequência dos serviços de extensão de rede e de instalação de luminárias de LED. O primeiro está marcado para Itamarati e Retiro, enquanto na Rua do Imperador está marcada a conclusão do processo de colocação do LED no trecho em frente ao Cefet. Os trabalhos só não ocorrerão em caso de chuva.

São duas frentes de trabalho que estão avançando dentro da iluminação pública: a criação de novos pontos e a troca de alguns pontos de lâmpadas comuns por LED, que iluminam mais e economizam energia. Fazer esses serviços só é possível porque a cidade está com a manutenção do parque de iluminação em dia.

As ruas Bernardo Proença (Itamarati), Felipe Camarão e Ruth Albuquerque Mayer (Retiro) vão ganhar novos pontos de luz. São locais que ainda não eram atendidos e que agora terão lâmpadas de 70 watts. O trabalho amplia a cobertura do parque de iluminação pública da cidade.

Até a semana que vem, a previsão é de colocar mais 40 pontos de luz na cidade, atendendo sobretudo servidões e comunidades, o que dá mais segurança e mais tranquilidade para as pessoas que vivem nesses locais.

A extensão da rede ainda acontecerá em Quarteirão Brasileiro, Corrêas, Bonfim e Centro. Com isso, o parque de iluminação vai alcançar 41.094.

Ao mesmo tempo, o Departamento de Iluminação Pública está fazendo a substituição de luminárias de vapor de sódio (lâmpadas comuns) por LED. O trabalho ocorre na Rua do Imperador, em frente ao Cefet (antigo Fórum). Na segunda (03.06), foram colocados mais três pontos, mas o serviço foi interrompido em função da chuva. Antes, outros cinco já haviam sido finalizados. Para esta quarta, a previsão é de colocar mais sete pontos e encerrar o processo, o que permitirá verificar o funcionamento e o aumento da iluminação no trecho.

Para isso, novamente será feito o bloqueio na pista para que as equipes possam realizar o trabalho. Os motoristas que vierem pela Rua Washington Luiz vão utilizar as ruas General Osório e Marechal Deodoro para acessar a Rua do Imperador entre 23h e 4h.

Ambos os serviços são executados por equipes de Vitorialuz, empresa que também é a responsável pela manutenção do parque de iluminação pública do município.

 A retirada do poste e dos galhos da RJ-117, em Araras, está permitindo que o trânsito e o transporte da região, aos poucos, sejam normalizados. O local, que ficou interditado desde às 9h, teve meia-pista liberada por volta das 16h40 desta terça-feira (04.06) e a previsão é que esteja totalmente livre nas próximas horas.

            Ao longo do dia, a CPTrans viabilizou junto à Turb, empresa de ônibus que atende a região, um serviço de baldeação para atender os moradores de Araras. Os passageiros precisavam descer próximo ao local onde o poste caiu e entrar no ônibus da linha que seguia até o Terminal Itaipava e vice-versa. A área de manobra estava sendo feita próximo ao número 8.080.


A Secretaria de Educação vai promover mais uma formação para professores e orientadores que atuam nas instituições que oferecem educação infantil na rede municipal de Educação. Desta vez, o tema será: Análise e prática de relatórios de avaliação na educação.

As formações terão continuidade ao longo do ano para professores, educadores e gestores. A intenção é a de tirar dúvidas e dividir experiências, sempre buscando a atualização dos conhecimentos.

A formação será dividida em 2 grupos. Serão 3 encontros no horário das 14h às 16h: Grupo 1: 05/06, 12/06 e 19/06 e Grupo 2 - 06/06, 13/06 e 27/06. A formação do Grupo I será na Casa da Educação Visconde de Mauá e a do Grupo 2 no Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrósio. Informações através do e-mail:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ". 

Os encontros serão ministrados pela Professora Bianca Dela Nina.

A formação garante que os profissionais tenham um espaço de discussão e aprendizado sobre as práticas que devem estar em funcionamento na rede municipal de Educação. A Secretaria de Educação solicita que as unidades escolares se façam presentes. A troca de conhecimento é enriquecedora e faz toda a diferença na educação.

Formações realizadas regularmente

Ao longo do ano a Secretaria de Educação continuará realizando ciclo de formações para professores, educadores e gestores. É um calendário regular e os encontros são previamente preparados pela equipe técnica da Secretaria de Educação. O objetivo é, além da troca de conhecimentos, escutar os profissionais e discutir as técnicas pedagógicas que vem conquistando bons resultados na rede.


Conselheiros elegeram primeira secretária do Comcidade

Conselho planejará organização de câmaras temáticas na próxima reunião  

Com mais de 180 projetos que propõem soluções para melhorar o fluxo de veículos nos cinco distritos da cidade, o Plano de Mobilidade Urbana – PlanMob – foi apresentado aos integrantes do Conselho Municipal da Cidade (Comcidade) em reunião ordinária realizada na noite de segunda-feira (03.06), na Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta. O projeto contempla 25 obras de infraestrutura viária; sete voltadas à segurança viária; 12 em fiscalização; 33 para sistema de transporte público de passageiros; 10 no transporte de cargas; oito adequações e/ou implementação de legislações, entre outras propostas. O PlanMob foi apresentado pelo diretor técnico e operacional da CPTrans, Luciano Moreira, que após a explanação dos dados, esclareceu dúvidas dos conselheiros.

Ter um plano de mobilidade que identifica problemas e aponta soluções é uma questão fundamental quando se pensa o desenvolvimento de uma cidade para daqui a 10, 20 anos. Daí a importância de se trazer o PlanMob para ser discutido dentro do Conselho. E é fundamental que os conselheiros tenham conhecimento sobre este trabalho que vem sendo feito pelo município.

“Tivemos hoje uma apresentação sucinta sobre o plano de mobilidade, que é um documento extenso e com muitas informações importantes. Entendo que todos os conselheiros devem se aprofundar mais neste tema, que deve ser mais esmiuçado dentro das câmaras temáticas, sob os aspectos que envolvem cada uma delas”, pontuou o presidente do Comcidade, Lédio Alencar Ferreira.

Para agilizar os trabalhos do Conselho, foi definido que acontecerão em um único dia as reuniões das seis câmaras temáticas, que têm função de contribuir com subsídios e assessoramento técnico sobre assuntos discutidos no Comcidade.  Os comitês técnicos são voltados aos seguintes temas: Desenvolvimento Institucional, planejamento, sistema orçamentário de gestão democrática; Desenvolvimento econômico: turismo, comércio, indústria, serviços e tecnologia; Meio Ambiente e Saneamento Ambiental; Habitação, Patrimônio Histórico e Gestão do solo urbano; Desenvolvimento Humano, Saúde e Educação; Infraestrutura, mobilidade e Transporte Urbano.

“Conseguimos junto ao Cefet a disponibilização de seis salas e assim conseguiremos que as seis reuniões aconteçam simultaneamente. A intenção com isso é conseguirmos agilizar as discussões sobre cada área específica e desta forma conseguiremos dar mais agilidade ao trabalho do Comcidade”, completa.

Com a aprovação dos membros do Conselho, foi definido que a reunião das câmaras temáticas acontecerá no dia 6 de julho, das 8h às 14h. A organização sobre os trabalhos das câmaras temáticas será tema da próxima reunião do Comcidade, no dia 1º de julho.

Ainda na reunião de segunda-feira (03.06) conselheiros elegeram a secretária do Fórum Serrano de Cultura, Diana Iliescu, como primeira secretária, a quem cabe assessorar o presidente do Comcidade.

Obras estão expostas na Casa da Educação Visconde de Mauá

Cores, letras e fitas são destaques nas obras criadas pela da professora Janir Lage da Silva, formada por quadros bordados que retratam histórias criadas a partir do convívio com alunos especiais, da EM Paulo Freire. A mostra, que recebeu o nome “Coração alfabetizado”, conta um pouco das histórias da professora com os alunos da escola que são incluídos na modalidade de atendimento especial. As obras ficarão em exposição até o dia 6 de junho.

Janir Lage da Silva foi orientadora na EM Paulo Freire. “Trabalhar na Paulo Freire exigiu de mim um reaprendizado do significado do que é viver por conta do convívio com alunos com necessidades especiais. Então resolvi escrever histórias para falar desses alunos. Mas, só escrever não vale. Resolvi enfeitá-las bordando. Aproveitando assim duas coisas que me esforço para fazer da melhor maneira possível”, conta Janir.

“A exposição ‘Coração Alfabetizado’ mostra um pouco da realidade da nossa escola, as histórias que acontecem aqui dentro, que muitas pessoas não conseguem imaginar, mostrando tudo de bom que vivemos aqui. São histórias para serem lidas com o coração!”, afirma a diretora da EM Paulo Freire, Ana Lúcia Rocha.

Localizada no Centro, a EM Paulo Freire atende 147 alunos, matriculados até o 5º ano do ensino fundamental. A escola é uma referência porque mantém um atendimento de excelência. Na Paulo Freire não existem limitações e as obras da artista mostram muito bem isso. Vale a pena conferir de perto todo o talento e o amor dessa profissional por esses alunos.

A diretora da Casa da Educação Visconde de Mauá, Maria Fernanda Secco, destaca que a visitação pode ser feita pela comunidade. “A mostra é aberta, não só para os alunos da rede municipal de Educação. Todos serão bem recebidos”. A Casa da Educação fica na Avenida Barão do Rio Branco. Nº 03.

Terça, 04 Junho 2019 18:21

Petrópolis presente no Smart City Day

Evento, em São Paulo, é organizado pela Microsoft e SPIN- Soluções Públicas Inteligentes

Petrópolis foi uma das 30 cidades do Brasil que marcaram presença no Smart City Day, evento criado pela Microsoft e SPIN - Soluções Públicas Inteligentes, realizado na última segunda-feira (03.06), em São Paulo, com a intenção de discutir e planejar ações que ajudem as cidades a conseguir soluções, através da tecnologia da informação, para problemas do cotidiano como eficiência energética, por exemplo.

A inovação pode e deve ser uma aliada dos municípios na busca por soluções para problemas diagnosticados pelo poder público. E a participação do evento foi importante porque a prefeitura teve a oportunidade de trocar informações e discutir as soluções públicas que podem ser utilizadas na cidade.

O conceito de “smart cities” vem se tornando comum e Petrópolis tem potencial para se tornar referência. Petrópolis tem um setor de tecnologia que vem crescendo a cada ano e também forma mão de obra especializada que pode contribuir para o planejamento de soluções administrativas para a cidade. O poder público também criou a Lei da Inovação, para incentivar o crescimento do setor. O município tem, ainda, um Centro de Operações todo equipado com monitoramento em tempo real de diversos pontos da cidade e está estudando uma forma de melhorar a eficiência da internet local. O município está avançando e a prefeitura quer mostrar que Petrópolis tem o potencial para abrigar todas as soluções públicas criadas em favor do desenvolvimento da cidade.

O evento, organizado pela Microsoft e SPIN - Soluções Públicas Inteligentes, contou com palestras e apresentações de cases sobre o investimento "inteligência" nos municípios brasileiros (iluminação pública, mobilidade urbana, saneamento básico, segurança pública, saúde e educação). Segundo o conceito abordado no evento, a adoção de recursos baseados em Internet das Coisas ("IoT") e Big Data na prestação de serviços públicos típicos do ambiente urbano, podem ser usados em equipamentos municipais (luminárias, semáforos, lixeiras, bueiros, câmeras, drones etc.), dotados de inteligência embarcada e capacidade de comunicação em tempo real, entre si e com o gestor público, o que pode proporcionar ao gestor, parâmetros extremamente confiáveis para a tomada de decisões precisas, acertadas e eficientes.

“Fomos convidados a participar do evento e tivemos a oportunidade de discutir projetos inovadores e de cidades inteligentes. Nosso interesse está em implantar um projeto piloto de IOT - Internet das Coisas - em Petrópolis. Será mais um passo para projeto maior, com priorização de ações, para o projeto “Petrópolis, Cidade Inteligente”, explicou o diretor do Departamento de Ciência e Tecnologia, Marcelo Simões.

       Também foram temas de discussões assuntos como “O Papel do Governo Federal, a Nova Frente Parlamentar Mista em Apoio às Cidades Inteligentes e Humanas e os Desafios da Legislação 4.0”; “O Plano Nacional da Internet das coisas (IoT)”; “Redes de Iluminação Pública Inteligentes - Estado da Arte no Brasil e no Mundo, PPPs, Receitas Acessórias e Perspectivas de Mercado” e “Proteção de Dados e Segurança - Cibernética nas Smart Cities”.

A prefeitura decretou luto oficial de três dias pela morte do médico Divany Figueiredo Coutinho, aos 93 anos, na madrugada desta terça-feira (04.06). “Referência na medicina e inspiração para gerações que o sucederam, inclusive os filhos que também se dedicaram à profissão que, mais do que um trabalho, é um ato de amor.  Me uno à família neste momento de dor pela perda de um grande homem que honra a cidade”, afirma o prefeito.

Bernardo Rossi destaca ainda destaca a vida atuante de Divany Coutinho em prol da sociedade e da classe médica como ex-presidente da Sociedade Médica de Petrópolis e um dos fundadores da Unimed Petrópolis – Cooperativa de Médicos e a dedicação à saúde infantil com a criação da Clínica Pediátrica Divany Coutinho.

A Alfredo Pachá está fechada para a passagem de veículos. A mudança, que começou na manhã desta terça-feira (04.06) para a montagem da Bauernfest, permanece até a desmontagem da festa, que termina no próximo dia 30 de junho. Com o fechamento, a Padre Siqueira teve a mão invertida para o sentido Roberto Silveira. A partir do dia 14, quando tem início a Festa do Colono Alemão, outras mudanças também serão implementadas em ruas do entorno da festa.

O fechamento da Alfredo Pachá é feito com gradis e a rua sinalizada com placas de “Trânsito Impedido”, no início da via. Na outra ponta, também foram colocados gradis para impedir o acesso na contramão. Agentes da CPTrans permanecem nesses locais orientando os motoristas. Não muito longe dali a Padre Siqueira está com a mão invertida: agora quem utilizaria a Alfredo Pachá, pode entrar na Padre Siqueira e seguir para a região do Bingen ou Mosela, por exemplo. O local também está com sinalização e agentes orientando o trânsito.

“São mudanças aplicadas nas edições anteriores e que se mostraram positivas. É natural que nestes primeiros dias haja um estranhamento por conta da alteração – assim como quando visitamos algum local que não conhecemos, por exemplo – mas, com o passar dos dias e as alterações sendo assimiladas, a tendência é de aumento da fluidez”, explica o diretor técnico e operacional da CPTrans, Luciano Moreira.

As mudanças previstas a partir do próximo dia 14 incluem o fechamento das ruas Walter Bretz, na Piabanha, a Domingos de Souza Bastos, na 13 de Maio, a Almirante Tamandaré na Rua D. Pedro, a Machado de Assis na Monsenhor Bacelar e também a José Bonifácio – todas elas liberadas apenas para moradores.

As alterações incluem a colocação de mão única em um trecho de 200 metros da Montecaseros, entre o Colégio Santa Catarina e o Gehren – os veículos só poderão seguir no sentido bairro nesse trecho. Há, também, possibilidade de fechamentos intermitentes do acesso ao Bingen pela 13 de Maio.

A CPTrans está trabalhando junto à Turb para viabilizar meios de transportar os moradores de Araras, após a queda de um poste, que interditou totalmente a RJ-117, na altura do número de 7.500. Enquanto não há o desbloqueio da via, a companhia planeja um sistema de baldeação, tendo os passageiros que descerem próximo ao local onde o poste caiu e entrar no ônibus da linha que seguirá até o Terminal Itaipava e vice-versa. A dificuldade, no entanto, é encontrar área de manobra para estes veículos, garantindo a execução do serviço de maneira eficiente. As equipes da companhia estão no local avaliando as possibilidades.

Ao mesmo tempo, a CPTrans cobra agilidade da Enel na retirada do poste e desobstrução da via o mais rápido possível para que o trânsito e a oferta de transporte possam ser viabilizados o quanto antes. Ainda não há posicionamento da concessionária sobre a liberação da via.

A interdição afeta,no momento, sete linhas. São elas: a 602, Vale das Videiras; 605, Vale das Videiras x Terminal Itaipava, 610, Araras; 617 – Araras x Itaipava; 618, Araras (Vale de Santa Luzia); 622, Araras (Vista Alegre); e 670, Araras (Executivo).

As mudanças de trânsito programadas para a Bauernfest começam já nesta terça-feira (04.06) com a interdição da Alfredo Pachá, rua em frente ao Palácio de Cristal – principal palco da festa. A partir das 9h, a via será bloqueada e a Avenida Padre Siqueira terá a mão invertida no sentido Roberto Silveira. Ao longo do dia, será feita toda a transição da operação, garantindo melhor mobilidade com a alteração viária planejada para a festa.

A liberação da rua acontece após a desmontagem da Bauern, que este ano acontece de 14 a 30 de junho (com exceção do dia 20, feriado de Corpus Christ). O fechamento da Alfredo Pachá e a inversão da Padre Siqueira muda o trajeto, principalmente, de quem segue dos distritos e tem como destino a área da Mosela e do Bingen, por exemplo. Essas mudanças foram feitas em 2018 e 2017 com bons resultados para o trânsito no entorno do evento.

Nesta terça-feira, a CPTrans fará a mudança ao longo do dia, orientando os veículos que estiverem estacionados na Padre Siqueira. Até o fim da festa a mudança permanece, com possibilidades de interdição no período da Bauern da própria Padre Siqueira, caso constatemos o acumulo de veículos no sentido bairro. A intenção é manter o trânsito girando”, explica o diretor técnico e operacional da CPTrans, Luciano Moreira.

Já a partir do dia 14, com o início da Bauern haverá o fechamento das ruas Walter Bretz, na Piabanha, a Domingos de Souza Bastos, na 13 de Maio, a Almirante Tamandaré na Rua D. Pedro, a Machado de Assis na Monsenhor Bacelar e também a José Bonifácio – todas elas liberadas apenas para moradores.

As alterações incluem a colocação de mão única em um trecho de 200 metros da Montecaseros, entre o Colégio Santa Catarina e o Gehren – os veículos só poderão seguir no sentido bairro nesse trecho. Há, também, possibilidade de fechamentos intermitentes do acesso ao Bingen pela 13 de Maio. 

Vias alternativas são opção para quem não tem a festa como destino

Com o número elevado de pessoas na cidade nos dias do evento, a CPTrans também está orientando quem não tem a Festa do Colono Alemão como destino. Há recomendação de utilização de rotas alternativas, diminuindo o impacto sobre as ruas do Centro Histórico, aumentando a fluidez para quem não tiver a festa como objetivo e melhorando a mobilidade no trânsito. Todas as alterações viárias já foram passadas ao aplicativo de celular Waze, que poderá ser um grande aliado dos motoristas petropolitanos ou turistas para os dias da festa. O App está disponível em todas as plataformas na loja on-line de cada sistema operacional.

Uma dessas alternativas se dá no trecho entre Itaipava e o Bingen, que além da BR-040, tem a opção de passagem subindo o Quarteirão Brasileiro, saindo na Mosela. A opção se dá também para quem precisa fazer o caminho contrário. Alternativa entre o Bingen e o Quitandinha, evitando o Centro, é a passagem pelo Vila Militar, chegando no Valparaíso. As ruas Duque de Caxias e 29 de Junho, no Vila Militar, ficarão abertas até a meia-noite.  Outra opção de passagem para o Valparaíso é a utilização da Comunidade Oswaldo Cruz – que dá acesso ao Cemitério Municipal. Entre o Itamarati e o Quitandinha, a rota alternativa é o Alto da Serra, pela Rua Santos Dumont. 

Município quer que a BR-040 fique livre de congestionamentos para chegada de turistas para a festa

Solicitação se estende também para concessionárias e empresas de telefonia que atuam em Petrópolis já a partir desta terça-feira (04.06) 

A Prefeitura quer que a BR-040, principal rodovia de acesso dos turistas a Petrópolis, fique livre de congestionamentos no período da 30ª Bauernfest, entre os dias 14 e 30 de junho. O município apresentou uma solicitação formal para que a Concer não promova qualquer obra de intervenção viária na estrada de forma a prejudicar a chegada para a Festa do Colono Alemão. A expectativa é de que o público supere o ano passado, quando atingiu a marca de 350 mil pessoas.

O mesmo pedido se estende para que todas as concessionárias e empresas de telefonia que atuam em Petrópolis deixe de fazer qualquer intervenção sem caráter de emergência nas ruas próximas à região da festa ou do Bingen e do Quitandinha (que dão acesso de visitantes aos palcos da Bauern) já a partir desta terça (04.06) até 10 de julho, período de montagem e desmontagem de toda a estrutura do evento.

No ano passado, a Bauernfest teve 350 mil visitantes e em 2019 a festa terá mais dias, então o público deve ser maior. A BR-040 é o principal acesso para Petrópolis e, por isso, é extremamente importante que a estrada esteja livre para os veículos, tanto para chegada na cidade quanto para saída do público. Assim como também é importante que as pessoas consigam circular com tranquilidade dentro da cidade.

O município não quer se repitam cenários como o que ocorreu no fim de fevereiro, quando a concessionária que administra a BR-040 entre Rio e Juiz de Fora realizou obras de recuperação de pavimento às vésperas do Carnaval, causando uma retenção de nove quilômetros na pista de subida da Serra. O mesmo aconteceu próximo à Semana Santa, em abril, quando a empresa fez novas intervenções deixando o trânsito em meia-pista. Naquela ocasião a  Prefeitura acionou o Procon para garantir a conclusão do trabalho e, assim, dar fluidez ao tráfego.

No caso das empresas que atuam em Petrópolis, a solicitação foi feita para a Oi/Telemar, Sumicity, Net/Claro e Tech Cable, todas do ramo de telefonia e TV à cabo, bem como para Águas do Imperador (concessionária de saneamento), Enel e Naturgy (de gás natural).

Elas não devem promover obras – a não ser em casos emergenciais ou por determinação judicial – nos seguintes locais: Av. Piabanha (nos dois sentidos), Alfredo Pachá, 13 de Maio, Padre Siqueira, Francisco Manoel, Av. Ipiranga, Av. Koeler, Rua Bingen (nos dois sentidos), Av. Tiradentes, Imperatriz, Rua do Imperador, Raul de Leoni, Alberto Torres, Av. Dom Pedro I, Av. Barão do Rio Branco (nos dois sentidos), Nelson de Sá Earp, Washington Luiz, Cel. Veiga, Monsenhor Bacelar, entorno da Praça da Liberdade e Rua Carlos Gomes. Ainda assim, caso seja necessário, a prefeitura pede que CPTrans seja comunicada previamente.

Abatimentos do Quita Dívida Servidor são avaliados de acordo com a modalidade do contrato

Negociação pode ser feita até 14 de junho, de 10h às 16h, em qualquer agência da Caixa 

As quatro agências da Caixa Econômica Federal em Petrópolis abriram as portas nesta segunda-feira (03.06) para atendimento diferenciado dos servidores da Prefeitura. Numa das primeiras negociações feitas neste primeiro dia de campanha, uma dívida de R$ 28.944,44 caiu para R$ 1.152 – um abatimento de 96,02% no montante. A campanha Quita Dívida Servidor oferece, até 14 de junho, oportunidades de renegociação nos débitos junto ao banco com descontos exclusivos avaliados de acordo com a modalidade de contrato. O atendimento ocorre de 10h às 16h nas duas agências do banco no Centro, no Alto da Serra e em Itaipava.

Com um atendimento exclusivo, o servidor público que chegar às agências não precisará enfrentar as filas convencionais. Há uma equipe disponibilizada em cada agência para atendimento dos profissionais da prefeitura em um espaço diferenciado, realizando os acordos de maneira rápida, sem comprometer a rotina de trabalho dos servidores. Ainda nesta segunda, uma dívida de cheque especial de R$ 3.573,16 teve abatimento de 88%, caindo para R$ 410.

Uma ação inédita voltada aos servidores, com oportunidade de recuperar o poder compra, ao mesmo tempo que dá à cidade mais pessoas com o poder de compra. Cada acordo realizado nas agências é homologado por um fiscal do Procon, validando o cumprimento daquela negociação.

Nos espaços estão sendo negociados dívidas de servidores negativados ou com alguma pendência junto à Caixa Econômica. O banco está oferecendo descontos de até 90% para pagamentos à vista. As dívidas que podem ser negociadas, porém, são de vários tipos, como renovação dos contratos para o aumento de prazo, unificação de dividas diversificadas, débitos de cartões de crédito, cheque-especial e créditos consignados, por exemplo.

O benefício é válido para todos os mais de 12 mil servidores públicos, incluindo os aposentados e pensionistas do INPAs. As agências da Caixa para negociação são: Imperial (Rua do Imperador 149/153 – Centro), Petrópolis (Rua do Imperador, 745 – Centro), Alta da Serra (Rua Teresa, 1380 – Centro) e Itaipava (Estrada União e Indústria, 10.040).

O gerente geral da Caixa, Petrônio Garcia, explica que a parceria visa oportunizar formas de os servidores conseguirem quitar seus débitos junto ao banco de maneira facilitada. “Temos equipes preparadas chegando a acordos que sejam positivos aos servidores. Até dia 14 de junho teremos esse atendimento exclusivo facilitando a vida e dando aos servidores oportunidade de deixar suas contas em ordem”, destaca.

Município segue orientação do Estado e avaliará a liberação da vacina a depender o índice de vacinação entre os grupos de risco 

A Secretaria de Saúde mantém 40 unidades de saúde no município em atendimento da Campanha de Vacinação contra a Gripe. O município segue a orientação da Secretaria de Saúde do Estado em manter a imunização para o grupo prioritário até o dia 15 de junho. A medida foi adota por conta do baixo índice de vacinação registrado na cidade, que até o momento alcançou 60% do público alvo de um total de 99.500 pessoas. O atendimento nas unidades em que as doses são disponibilizadas ocorre das 7h30 às 17h. Em cinco unidades – Centros de Saúde, do Centro e do Itamarati; as UBSs Retiro, Quitandinha e Mosela – a vacinação ocorre em período estendido, até às 20h.

Petrópolis segue o baixo índice de vacinação que se repete em várias cidades do estado do Rio de Janeiro. Em todo o estado, apenas 57,6% da população de risco foi imunizada. As pessoas precisam se conscientizar sobre a importância da vacina. As unidades continuam abertas para a atender a população de maior risco. O Governo do Estado avalia a possibilidade de estender a vacina para toda a população de houve alcance da meta de imunização entre os grupos de risco.

A vacina continua sendo oferecida exclusivamente para as pessoas inseridas no grupo de risco, que são: crianças de 6 meses e menores de 6 anos de idade; trabalhadores da saúde; gestantes; puérperas – mulheres que estejam nos primeiros 45 dias pós-parto; idosos, a partir de 60 anos; professores; e pessoas com comorbidades – doenças crônicas, como respiratória, cardíaca, renal, hepática e neurológica, diabetes, imunossupressão, obesidade grau III, transplantados e portadores de síndromes de nascença, como a de Down, entre outras.

O município seguirá as recomendações do Estado ao que se refere à oferta da vida para todo o público. A disponibilização da vacina para toda a população vai depender da cobertura vacinal obtida entre o grupo de risco. Entre as 60.554 pessoas vacinadas até o momento, 48% são crianças; 70,8% idosos; 53,5% gestantes; 73,2% puérperas; 56,8% pacientes com doenças crônicas; 53,8% trabalhadores da saúde; e 70,5% são professores.

Para estender a vacina por mais 15 dias, o município recebeu mais uma remessa de doses da vacina no último dia 31 de maio. Mais 18.300 ampolas foram encaminhadas para a cidade. Desde o dia 10 de abril, quando a campanha teve início nacionalmente, a cidade já recebeu 83.300 doses.

Em Petrópolis, os pacientes acamados poderão receber a dose da vacina em casa. A população que não puder comparecer a uma das unidades, pode fazer contato com a Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica, através do telefone 2246 -6796, das 8 às 17h, para solicitar e agendar a vacinação no domicílio.  

Unidades de saúde com vacinação contra gripe: 

Centro de Saúde Coletiva - Rua Santos Dumond, 100, com horário de funcionamento das 8h às 20h.

PSF Caxambú - Estr. José de Almeida Amado s/n, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

PSF 24 de Maio - Rua 24 de maio, 197 – Centro, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

UBS Morin - Rua Pedro Ivo, n.º 81, com horário de funcionamento das 8h às 16h.

PSF Vila Felipe - Rua Ermínio Schimidt, s/n, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

PSF São Sebastião - Rua São Sebastião, nº 625, com horário de funcionamento das 8h às 16h.

PSF Alto Siméria - Rua Manoel Francisco de Paula s/n, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

PSF Dr. Thouzet - Rua. Dr. Thouzet, 609 – Quitandinha, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

PSF Alto Independência - Rua José Lino s/nº, com horário de funcionamento das 8h às 16h.

UBS Quitandinha - Rua General Rondon, nº 400 e 490, com horário de funcionamento das 8h às 20h.

PSF Vila Saúde - R. Santa Catarina, Lt 24 - Qd 41, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

PSF Santíssima Trindade - Rua Lopes de Castro – Bingen, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

PSF Bairro Castrioto - R. Santa Rita de Cássia, 114 – Castrioto, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

PSF Comunidade São Jõao Batista – Rua Luís Winter, 560 - Duarte Silveira, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

UBS Mosela - Rua Mosela, 744, com horário de funcionamento das 8h às 20h.

PSF Moinho Preto - Rua João Xavier, 2109 - Moinho Preto, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

PSF Pedras Brancas - Rua Pedras Brancas, 1190 – Mosela, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

Ambulatório Escola FMP/FASE - Rua Hivio Naliato, 899, Cascatinha, com horário de funcionamento das 8h às 16h.

Centro de Saúde Itamarati - Rua Bernardo Proença, n.º 32, com horário de funcionamento das 8h às 20h.

Hospital Alcides Carneiro - Rua Vigário Correa, 1345 – Corrêas, com horário de funcionamento das 8h às 16h.

UBS Retiro - Av. Barão do Rio Branco, 3027(ao lado da 105ª DP, com horário de funcionamento das 8h às 20h.

PSF Castelo São Manoel - R. Capitão João Amâncio de Souza Coutinho, 436, com horário de funcionamento das 8h às 17h.

PSF Jardim Salvador - Rua juiz Castro e Silva, 33 - Jardim Salvador, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

PSF Carangola - Estrada do Carangola, 860 – Carangola, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

PSF Fazenda Inglesa - Estr. Fazenda Inglesa, s/n – Mosela, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

PSF Vale das Videiras - Estr. Almirante Paulo Martins, 8201, com horário de funcionamento de 7:30 às 15h

PSF Bonfim - Estrada do Bonfim s/n – Bonfim, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

PSF Águas Lindas - Estrada do Palmital, 768 – Nogueira, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

UBS Itaipava - Estrada Philúvio Cerqueira Rodrigues, com horário de funcionamento das 8h às 16h.

PSF Comunidade Primeiro de Maio - Rua Norival Braga da Silva, S/N, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

PSF Boa Esperança - Estr. Ministro Salgado Filho s/n – Cuiabá, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

UBS Pedro do Rio - Estr. União Indústria, com horário de funcionamento das 8h às 16h.

PSF Posse - Estr. União Indústria, n.º 33.530, com horário de funcionamento das 8h às 16h.

PSF Brejal - Estrada do Brejal, Km 06, com horário de funcionamento das 8h às 15h.

PSF Secretário – Rua Visconde de S. Bernardes, 320 – Secretário, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

Vila Rica - Rua A (Ao lado da Quadra 28) - Vila Rica, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

Meio da Serra - Estrada Velha da Estrela, s/n - Alto da Serra, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

Alto da Serra - Rua Tereza, 2024 - Alto da Serra, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

Carangola - Estrada do Carangola, 860 – Carangola, com horário de funcionamento de 7:30 às 16:30

UBS Araras - Estr. Bernardo Coutinho, 3435 – Araras, com horário de funcionamento de 8h às 20h

Mais 50 pessoas prontas para o combate às queimadas em Petrópolis. O treinamento de incêndio florestal das brigadas operacionais complementares do Plano Inverno municipal aconteceu nesta segunda-feira (03.06) no 32° Batalhão de Infantaria Leve/Batalhão Dom Pedro II, na Vila Militar. Participaram agentes da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias, militares do Exército e da Aeronáutica, socorristas da Cruz Vermelha, além das equipes do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) – Rebio/Araras, Guardas Parques e Refugio de Vida Silvestres da Serra da Estrela (REVISEST). A capacitação foi coordenada pelo 15° Grupamento de Bombeiro Militar (GBM) de Petrópolis. 

Para que o treinamento fosse ainda mais eficaz, foram formadas duas turmas: uma pela manhã e outra a tarde. Com os equipamentos próprios para o combate as queimadas, as equipes precisaram apagar pequenos focos em uma trilha de mata fechada e um incêndio florestal de grandes proporções. Por causa da chuva, a turma que realizou o simulado à tarde teve o percurso reduzido. O trabalho faz parte do eixo operacional do Plano Inverno municipal, organizado pela Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias. 

Desde o início da gestão, a prefeitura organizou os órgãos para que trabalhem em conjunto, prevenindo as principais ameaças de cada estação no município. Com o simulado, é coroada a fase de preparação do Plano Inverno, colocando em prática o resultado dos encontros setoriais. 

As brigadas operacionais de apoio contribuem em uma grande ocorrência, ou se muitos focos de incêndios florestais acontecerem simultaneamente no município. Segundo o tenente André Luís Álvaro, do 15° GBM de Petrópolis, o treinamento demonstra a preocupação dos órgãos com o período de estiagem e que estão prontos para enfrentar esse momento. 

“É importante para a cidade que a gente conte com mais equipes preparadas, já que em outros anos houve o registro de focos de incêndio espalhados por diversas regiões da cidade. As brigadas operacionais se mostraram prontas para dar uma resposta positiva em caso de ocorrência, atendendo da melhor forma a população”, disse o tenente. 

O trabalho realizado pela prefeitura dentro do Plano Inverno municipal, com a organização e o treinamento dos órgãos, vem contribuindo na redução do número de casos de incêndios florestais: o Corpo de Bombeiros registrou 302 queimadas em 2017, sendo 174 atendidas pelo Destacamento de Itaipava. No ano passado, foram 174 casos ao todo, com 78 desses acontecendo na região do terceiro distrito. 

Com o fortalecimento das ações de prevenção nos bairros, o governo municipal quer reduzir ainda mais os casos de queimadas na cidade. Os próximos meses são os mais críticos relacionados aos incêndios florestais, com menos chuva e as temperaturas mais amenas. A Defesa Civil vai trabalhar em conjunto com órgãos ambientais, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e o Exército nas ações de prevenção.

O segundo encontro de mentoria empresarial com especialistas da TI Rio - Sindicato das Empresas de Informática do Estado do Rio de Janeiro - será realizado nesta terça (04.06), das 11h às 15h, no Espaço Empreendedor da prefeitura. Nesse dia, o assunto tratado será: e-social. A assessora jurídica da TI Rio, a advogada Cândida Machado, estará presente para esclarecer dúvidas e dar orientações sobre o tema. A série de mentorias é resultado de uma parceria de cooperação técnica formalizada entre a prefeitura e a TI Rio.

O acordo de cooperação tem como objetivo estimular o apoio à qualificação e ao fomento do ambiente empreendedor e de inovação das empresas de TI em Petrópolis. A área está em constante crescimento no país e em Petrópolis encontra um ambiente de negócios estimulador e é por isso que a mentoria é tão importante, porque mostra, principalmente para os estudantes da área, que é possível empreender e apostar na tecnologia.

O EE fica na Av. Barão do Rio Branco, nº 2846, Centro. O atendimento é aberto a todos os empresários e profissionais liberais interessados no tema. Mais informações através dos telefones: TI Rio: (21) 3974-5000. / Espaço Empreendedor: (24) 2233-8145.

A intenção é de tirar as dúvidas daqueles que querem empreender e investir na área tecnológica na cidade, um setor que vem apresentando bons resultados e ganhando investidores em todo o país. O setor de tecnologia cresce cerca de 10% ao ano e emprega duas mil pessoas na cidade.

            A ação prevê palestra e atendimento individual. “Os encontros terão continuidade ao longo do ano. Os especialistas falam sobre o tema, tiram as dúvidas e realizam atendimento especializado, tudo para fomentar o crescimento do setor”, explica o diretor do Departamento de Ciência e Tecnologia, Marcelo Simões.

O calendário prevê palestras sobre os encontros da Rio Info no interior do Estado e assuntos diversificados como responsabilidade social, contribuição sindical e participação empresarial, Nova Lei Trabalhista, Ciência de Dados, Inteligência Artificial e demais tecnologias emergentes.

O termo de cooperação prevê encontros nas primeiras terças-feiras de cada mês, das 11h às 15h no Espaço Empreendedor que fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846.

Confira a programação:

2 de julho - Responsabilidade Social, com Benito Paret presidente da TI Rio e Martha Affonso, Coordenadora Executiva da TI Rio

6 de agosto - Mentoria para empresas maduras e iniciantes com Alberto Blois, Diretor da TI Rio

3 de setembro - Contribuição sindical e participação empresarial com Candida Machado, Assessora Jurídica da TI Rio

1 de outubro -  Nova Lei Trabalhista com Candida Machado, Assessora Jurídica da TI Rio.

5 de novembro - Ciência de Dados, Inteligência Artificial e demais tecnologias emergentes com Newton Fleury

18 novas vagas estarão disponíveis na casa de acolhimento até o dia 1º de setembro

Começa no dia 10 de junho a Operação Inverno realizada pela Secretaria de Assistência Social em parceria com a Defesa Civil e Ações Voluntárias. A iniciativa é voltada para o acolhimento de pessoas em situação de rua durante as noites de inverno. Para isso, o Núcleo de Integração Social (NIS), no Alto da Serra, ampliou o número de vagas para atender a maior demanda no período. Até o dia 1º de setembro, os assistentes sociais intensificarão as abordagens pelas ruas da cidade para orientar que as pessoas em vulnerabilidade não durmam pelas ruas.

Para aumentar o número de vagas a Defesa Civil instalou mais três barracas, com seis dormitórios cada, para o acolhimento das pessoas em vulnerabilidade. As pessoas que aceitarem o atendimento pelo serviço, poderão passar a noite em ambiente aquecido e preparado para o cuidado da população em situação de rua. O foco é tirar essas pessoas das ruas, para que estejam melhor instaladas e protegidas do frio intenso dessa época do ano.

Ano passado, a Operação Inverno garantiu 1.178 pernoites durante os meses de frio intenso. As pessoas encaminhadas para a unidade de acolhimento, recebem lanche noturno e café da manhã. Durante o dia, eles são orientados a buscarem atendimento no Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), localizado na Rua Souza Franco. No local, são atendidas cerca de 90 pessoas em situação de rua. Os usuários recebem toda a assistência necessária durante o dia. É disponibilizada estrutura para banho, alimentação e local para o armazenamento de pertences.

O trabalho feito todos os dias pelos agentes é reforçado nessa época do ano. A partir da Operação de Inverno, a Secretaria de Assistência Social busca orientar a auxiliar para que a pessoa saia da condição de rua e se reinsira na sociedade.

A mesma estrutura de serviço e auxílio oferecida todos os dias no Centro Pop estará disponível para as pessoas que forem acolhidas durante a Operação Inverno. Os profissionais do Centro Pop agilizam a obtenção de documentos, quando o usuário não os possui, e promovem ações para que seja feita a reinserção da pessoa à sociedade, reintegrando-a, quando possível, ao ambiente familiar e ao mercado de trabalho. Aos que residem fora da cidade, é oferecida a possibilidade de retorno para o local de origem. Quando há interesse, o usuário recebe a passagem para voltar para casa.

Centro Pop faz busca de pessoas em vulnerabilidade diariamente

Duas equipes, cada uma formada por quatro agentes da Secretaria de Assistência Social, fazem ronda por toda a cidade, das 9h às 21h, na busca de pessoas em vulnerabilidade. Desde o início do ano, 2.109 abordagens foram feitas pela cidade. Durante as ações pelas ruas é oferecido todo o suporte existente no município para que a pessoa deixe de viver em situação de rua. O primeiro passo é, quando há o consentimento da pessoa, realizar a inserção no Centro Pop, onde as pessoas recebem os cuidados básicos iniciais para a higiene e alimentação. Todos os dias, incluindo sábado, domingo e feriados, o usuário recebe alimentação e pode usar o local para armazenar os pertences e tomar banho.

Foram realizados de janeiro a abril deste ano, no Centro Pop, 539 atendimentos, 128 pessoas conseguiram regressar para suas cidades de origem. Para os que não possuem, é providenciada a documentação de identificação. A reinserção ao mercado de trabalho é muitas das vezes alcançada pelo encaminhamento do usuário para vagas disponibilizadas no balcão de empregos.

Quando há interesse do usuário, também é feito o encaminhamento a cursos profissionalizantes oferecidos por instituições parceiras, havendo disponibilidade de vagas. “Tentamos a reinserção desse cidadão de todas as formas. A ideia é que ele retome ao convívio com sua família ou consiga reconstruir sua vida sozinho”, destaca a diretora do Departamento de Proteção Social Especial, Kátia dos Prazeres. A inserção na rede de saúde pública também é providenciada de acordo com a necessidade de cada usuário.

Músico e compositor Guto Menezes deu dicas sobre a carreira musical

“Para se aprender música é necessário estudar. Estudar muito, prestar atenção nos sons e no tempo da música”. A frase, do músico Guto Menezes, representou algumas dicas que foram passadas aos alunos do curso de violão da Casa da Educação Visconde de Mauá, durante os ensaios da Orquestra Jovem de Violões Raphael Rabello nessa segunda-feira (03.06).

“Já toquei vários tipos de música, nunca tive preconceito, mas muita vontade de aprender. Fiz vários cursos, estudei e continuo estudando muito. O músico deve estar sempre atento.  Aprender música não é fácil, mas, com dedicação e estudo, tudo é possível no universo musical”, disse Guto Menezes.

No encontro, o músico, que também é e professor de musicalização, cavaquinho e violão, ressaltou as vantagens da carreira musical. “Conheci muitas pessoas, aprendi muitas coisas e resolvi me dedicar a música por paixão. Não foi fácil, quase fiz uma faculdade de engenharia, mas, o cavaquinho me convenceu a seguir essa carreira e acho que todos podem ser bem-sucedidos nessa escolha, desde que o aprendizado nunca termine”, comentou.

A Orquestra Jovem de violões Raphael Rabello, iniciativa da produtora Bem Cultural produções em parceria com a Casa da Educação Visconde de Mauá, tem como objetivo ensinar violão para crianças e jovens, como forma de homenagear Raphael Rabello, petropolitano e um dos maiores violonistas do Brasil de todos os tempos, falecido precocemente aos 32 anos no ano de 1995. Raphael Rabello participou de concertos e gravações com famosos músicos brasileiros, como Tom Jobim, Ney Matogrosso, Zé Ramalho, Jacques Morelenbaum e Paulo Moura, João Bosco e também instrumentistas internacionais, como Paco de Lucia.

Durante o bate papo com os alunos, os professores das turmas de violão da Casa da Educação, Lucas Gotelip e João Pedro Gomes acompanharam Guto e os alunos nas dicas com o instrumento.

“Para os alunos da Orquestra é de suma importância ter a oportunidade de troca com músicos profissionais e suas histórias, porque acende uma esperança de que o caminho que resolveram trilhar com seus instrumentos é igual a de outras crianças e jovens que cresceram e tornaram-se realizadores de seus sonhos. Os alunos ficam maravilhados e atentos a cada palavra. Toda oportunidade de mostrar o diferencial dessa orquestra que fortalece a base de nossa juventude é válida”, afirma João Pedro Gomes, professor da orquestra.

Guto Menezes tem graduação em Licenciatura em Música. Sua formação inclui cursos com Hermeto Pascoal (prática de conjunto), Luciana Rabello (cavaquinho), Jayme Vignolli (cavaquinho), Cláudio Daulsberg (harmonia), Zé Menezes (cordas dedilhadas), Maurício Carrilho (harmonia e violão), César Nascimento (percussão maranhense), Bia Paes Leme (percepção e harmonia), Adamo Prince (percepção e solfejo) Mauro Senise (prática de conjunto), José Roberto Leão (violão 7 cordas), João Felippe (cavaquinho e guitarra), entre outros.

Os pais que tiverem interesse em matricular os filhos nas aulas de violão na Casa da Educação Visconde de Mauá devem entrar em contato com a direção da casa através do telefone 2246-8661. A Casa da Educação fica na Rua Barão do Rio Branco, 03.

O Museu do Artesanato do Estado do Rio de Janeiro - Casa de Cultura Cocco Barçante fará parte da programação oficial da 30ª Bauernfest, com uma exposição especial, que começa este mês e vai até agosto. “Alemanha em Flores” vai trazer exposições de trajes típicos alemães, pintura em madeira com uma técnica alemã (Bauern), além de um coletivo de brechós. A mostra será aberta no dia 22 de junho, às 16h, com entrada gratuita nesta data.  O museu abrirá às sextas-feiras, sábados e domingos durante a festa.

A exposição terá curadoria de Antenor de Carvalho, que também produziu os trajes, além de pinturas do acervo de Neyse de Aguiar Lioy, que participou da criação da Bauernfest. A expectativa é de que mais de mil pessoas passem pelo espaço durante o evento. “A Bauernfest movimenta o museu, tem um reflexo direto no nosso movimento. A expectativa é muito boa”, destaca o artista Cocco Barçante, curador e responsável pelo museu, que organiza a exposição junto com Andréa Lopes.

O evento também vai contar com uma homenagem a Neyse Lioy, no dia 22, por seu trabalho em prol da cultura germânica na cidade, e tem como objetivo divulgar ainda mais a cultura alemã para moradores e turistas. A prefeitura quer Petrópolis ‘vestida’ de Bauernfest por todos os cantos. É muito importante que diversos segmentos culturais estejam envolvidos e engajados com a festa. É uma forma de manter as tradições germânicas na cidade.

“Alemanha em Flores” poderá ser visitada até o dia 25 de agosto, sábados e domingos, de 11h às 17h, e durante a Bauernfest o museu também abrirá às sextas-feiras. O ingresso custa R$ 5, com exceção do dia 22, que tem entrada gratuita. O Museu do Artesanato fica na Rua Coronel Veiga, 1.734.

Este ano, a 30ª Bauernfest acontece entre os dias 14 e 30 de junho, com exceção do dia 20, feriado de Corpus Christ, no Palácio de Cristal e arredores. Entre as atrações estão danças folclóricas, música, gastronomia típica, desfiles, concursos, entre outras. 

O trabalho de extensão da rede de iluminação pública chegou ao Caxambu nesta segunda-feira (03.06) com a implementação de mais quatro novos pontos foram instalados na localidade conhecida como “Servidão do Fumaça”, que fica na Rua José Almeida Amado. Esta etapa do serviço terá a colocação de 40 pontos até o fim da semana que vem, o que fará o parque de iluminação da cidade alcançar 41.094 pontos de luz.

A prefeitura está levando iluminação para locais que não são atendidos, dando mais segurança para os moradores das servidões onde o trabalho está acontecendo. É um serviço que está avançando graças a manutenção do parque de iluminação estar em dia.

“Os moradores aqui só têm a agradecer, porque isso realmente vai fazer uma diferença importante para quem vive nesse local”, contou o morador do Caxambu, Antônio da Rocha Vieira.

No ano passado, foram colocados 197 novos pontos de luz em 18 bairros. A primeira etapa e o serviço que está sendo feito agora ocorre após mapeamento feito pelo Departamento de Iluminação pública. Na última semana, já foram colocados 52 novos pontos em Itaipava, Corrêas, Carangola, Cuiabá, Quissamã e Centro. A maior parte são luminárias com lâmpadas de 70 watts de potência.

“Os novos pontos de luz estão sendo colocados em servidões onde já há rede elétrica existentes, locais onde é necessário apenas a colocação da luminária”, explica um dos responsáveis pelo Departamento de Iluminação Pública, Leônidas Mattos.

Na quarta-feira (05.06), o trabalho está previsto para a Rua Bernardo Proença (Itamarati), Felipe Camarão e Ruth Albuquerque Mayer (Retiro). A instalação de novos pontos vai ocorrer ainda em servidões e comunidades de Quarteirão Brasileiro, Corrêas, Bonfim e Centro.

Em paralelo, o Departamento de Iluminação Pública está fazendo a instalação de luminárias de LED na Rua do Imperador, no trecho em frente ao Cefet (antigo Fórum). O trabalho vai bloquear a pista entre 23h desta segunda (03.06) e 4h de terça (04.06). Os motoristas que vierem da Rua Washington Luiz deverão usar a Rua General Osório e a Marechal Deodoro para continuar pela Rua do Imperador.

São 15 pontos, sendo que cinco deles já estão prontos e o restante tem a previsão de ser concluído agora. Esses primeiros que foram colocados são os de lampiões, que tem um formato de luminária diferente, assim como tem em outros pontos da Rua do Imperador. O Departamento de Iluminação Pública está monitorando e, dando certo, vai estender toda rua, porque são luminárias que iluminam mais e economizam energia.

Os dois serviços são executados pela Vitorialuz, empresa responsável pela manutenção do parque de iluminação pública do município.

Uma palestra sobre preservação ambiental para mais de 300 alunos da Escola Municipal São Judas Tadeu, na Mosela, abriu a Semana do Meio Ambiente nessa segunda-feira (03.06) em Petrópolis. Os estudantes também receberam cartilhas de educação ambiental com informações sobre a Reserva Biológica do Tinguá, unidade de conservação federal que abrange os municípios de Nova Iguaçu, Duque de Caxias, Miguel Pereira e Petrópolis. São mais de 24 mil hectares de Mata Atlântica divididas entre as cidades. Outras ações em escolas, como debates, exposições e aulas temáticas, fazem parte da programação que segue até o próximo domingo (09.06). O tema deste ano são as mudanças climáticas e suas consequências. 

A Secretaria de Meio Ambiente quer envolver mais de mil alunos da rede municipal dentro das atividades propostas. O objetivo será o de motivar a responsabilidade socioambiental entre os jovens. Participam do trabalho de conscientização técnicos da Secretaria de Meio Ambiente, Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). 

As mudanças climáticas são muito claras e todos são afetados. Esse é um assunto que deve ser apresentado e debatido com os jovens. A ideia é envolver os estudantes, propor o debate e a discussão, reforçando a importância da preservação ambiental. 

Os estudantes disseminam a informação em toda a comunidade. Toda ação que incentive as práticas saudáveis de preservação com o meio ambiente é muito importante para a rede municipal de Educação. A cidade tem uma rede extensa, com alunos de diversas faixas etárias e que são multiplicadores de conhecimento, ou seja, tudo o que aprendem, eles repassam para as suas famílias e comunidade. 

Além disso, a partir de terça-feira (04.06), uma exposição sobre reciclagem de lixo vai estar disponível na Praça Dom Pedro até sexta. Na quarta-feira, acontece o lançamento da gaiola de coleta seletiva, que vai ficar no mesmo local. No mesmo dia, também na Praça, uma ação unificada entre a Defesa Civil, o Meio Ambiente e a Saúde vai reforçar a importância do combate ao vetor transmissor da dengue, zika e chikungunya. 

Em todo o Estado está ocorrendo o aumento no número de casos de dengue, zika e, principalmente, chikungunya. O objetivo é evitar que essas doenças se tornem um desastre, em especial, na cidade. 

O município ganhou o reconhecimento internacional da ONU com a campanha ‘Xô Mosquito’. Em 2017 foram registrados apenas 26 casos, contra 789 notificações do ano anterior. Petrópolis segue trabalhando de forma preventiva, evitando que o desastre aconteça, orientando os moradores sobre quais medidas devem adotar. 

Na quinta-feira, uma mesa redonda no Centro de Cultura Raul de Leoni vai debater as mudanças climáticas, as ameaças de incêndios florestais e estiagem, o consumo sustentável e unidades de conservação. A discussão começa será de 14h às 17h e vai contar com a participação de técnicos da prefeitura. Na sexta, um mutirão de limpeza da cachoeira no Caxambu vai mobilizar os alunos do curso profissionalizante do CEBRAC. 

No sábado, acontece uma caminhada ecológica guiada no Parque Natural, na Av. Ipiranga. A atividade é gratuita e podem participar pessoas de todas as idades. O local conta com mais de 16 hectares de Mata Atlântica, em duas trilhas para caminhada de dificuldades baixa e moderada, com extensões de 800m e 830m. O encerramento da Semana do Meio Ambiente acontece no domingo (09.03) com uma caminhada ecológica guiada na trilha do Castelinho no Morin. 

“Estamos elaborando também uma série de atividades nas escolas, buscando conscientizar as crianças e os adolescentes sobre a importância de preservarem a natureza, dentro da nossa política de Defesa Civil nas Escolas. Além disso, buscamos a aproximação da população de locais com natureza vasta. A programação é gratuita e atende a todas as idades”, frisa o coordenador de educação ambiental, Anderson Campos.

O Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo – Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico - tem 19 vagas disponíveis nesta semana. Os candidatos devem cadastrar os seus currículos na prefeitura pelo site www.petropolis.rj.gov.br. Mais informações podem ser consultadas pelo telefone (24) 2233-8113.

O balcão de empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846.

Almoxarife - 1 vaga - sexo masculino - Ensino médio e experiência

Auxiliar administrativo - 1 vaga - sexo feminino - Ensino médio, domínio do pacote office e experiência

Estoquista - 2 vagas - sexo masculino - Ensino médio e experiência

Fiscal de loja - 2 vagas - sexo masculino - Ensino médio e experiência

Gerente de loja - 1 vaga - sexo feminino - Ensino superior completo e experiência

Motorista - 1 vaga - sexo masculino - Ensino médio, CNH categoria D e experiência

Operador de caixa - 4 vagas - sexo feminino - Ensino médio e experiência

Subgerente de loja - 1 vaga - sexo feminino - Ensino médio e experiência

Vendedor – 4 vagas - sexo feminino - Ensino médio e experiência

Além dessas foram cadastradas 2 vagas para portadores de necessidades especiais. Confira:

Auxiliar de limpeza - 1 vaga - ambos os sexos - Possuir laudo atualizado

Inspetor de alunos - 1 vaga - ambos os sexos - Ensino médio completo e laudo médico atualizado

Serão escolhidos 19 projetos para os mais diversos segmentos culturais, nos valores de até R$ 30 mil, que deverão ser realizadas no período de julho a novembro deste ano           

Mais de 100 propostas foram entregues ao Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE) para inscrição no edital que vai selecionar 19 projetos culturais que serão financiados pelo Fundo Municipal de Cultura, no período de julho a novembro deste ano. Os projetos seguem nesta segunda-feira (03.06) para o Delca para a fase de Análise Documental, que vai habilitar os inscritos, e em seguida será a vez da Análise Técnica feita por uma comissão do Conselho Municipal de Cultura. A expectativa é de que o resultado do edital comece a ser divulgado já na segunda quinzena deste mês.

Ao todo, foram 101 projetos inscritos no processo de seleção, que tem como objetivo descentralizar os recursos e proporcionar que projetos dos mais diversos segmentos, sejam realizados. A maioria das propostas recebidas está relacionada à música, artes plásticas, teatro e audiovisual, além dos multiculturais. São festivais, palestras, workshops, entre outras atividades. Essa é uma forma de fomentar a cultura na cidade através de parcerias entre o poder público e a iniciativa privada.

Há excelentes projetos culturais na cidade, mas que carecem de um incentivo. E o edital de projetos é uma forma de ajudar propostas de pequeno e médio porte para estimular os produtores e artistas da cidade.

No edital estão previstos dois tipos de propostas: 12 de pequeno porte, com valor máximo de R$ 10 mil, e sete de médio porte, no valor de até R$ 30 mil. Ele estava aberto para pessoas jurídicas, inclusive Microempreendedor Individual, que representam os diversos seguimentos culturais da cidade, como artesanato; artes plásticas; audiovisual; bandas marciais; canto coral; culturas afrobrasileira, indígena e populares; cultura germânica; cultura urbana; dança; escolas de samba e blocos carnavalescos; literatura; música; teatro e patrimônio histórico. O Fundo Municipal de Cultura foi instituto pelo Sistema Municipal de Cultura, e tem como objetivo principal o financiamento através de editais para a realização de projetos culturais.

“Ficamos muito felizes com a quantidade de propostas recebidas. Temos certeza de que teremos excelentes atividades culturais fomentadas pelo edital de projetos, o que vai movimentar o setor neste segundo semestre do ano”, explica o presidente do Conselho Municipal de Cultura, Marcos Pinho.

Após a avaliação documental, os projetos habilitados passarão por uma comissão formada por dois servidores do Instituto e dois representantes de segmentos da sociedade civil do Conselho Municipal de Cultura, que vai avaliar as propostas. Será analisado o aspecto cultural de cada proposta. Todos os documentos e critérios de avaliação estão previstos no edital, disponível no site da prefeitura (http://www.petropolis.rj.gov.br/).

Alvará Online - BANNER

Notícias por data

« Junho 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo