O prefeito encerrou no Ministério do Desenvolvimento Regional, na quarta-feira (17.07), uma série de sete reuniões em Brasília, apresentando projetos e propostas para captação de recursos para investimentos na cidade. Acompanhado pelo deputado federal Vinicius Farah e por uma comitiva de secretários municipais, o prefeito esteve nos ministérios da Saúde, dos Transportes e da Cidadania para solicitar repasses que somados podem alcançar R$ 69,5 milhões.

Propostas e projetos em busca de recursos foram apresentados, não só para investimentos, mas também para a ampliação de serviços para a população. Desta vez, por exemplo são propostas para investimentos em mobilidade urbana, para ampliação do atendimento na rede de saúde, melhorias na infraestrutura da cidade, projetos esportivos, entre outras questões

No último encontro da incursão na capital federal, o prefeito foi recebido pelo Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto e solicitou que a pasta libere a contratação de obras para projetos de Minha Casa Minha Vida, como no Caetitu, onde o procedimento é feito integralmente pela prefeitura, e Mosela e Benfica. O ministro Canuto sinalizou que priorizará Petrópolis para autorizar a construção das casas a partir da dotação de mais recursos no programa pelo governo federal.

Ainda no Ministério de Desenvolvimento Regional, a prefeitura busca a liberação de cerca de R$ 850 mil para fazer o trabalho técnico-social que será feito junto aos futuros moradores do conjunto habitacional do Vicenzo Rivetti. Essas ações englobam treinamento das famílias que vão morar nas 776 unidades sobre a gestão dos condomínios e capacitação profissional dos mais de três mil futuros moradores.

Também foi discutida a liberação de verbas para acelerar as obras do PAC Encostas. Para isso, a prefeitura vai apresentar um novo cronograma para a finalização das 14 obras que integram o programa.

Sete reuniões em dois dias

No Ministério da Saúde, a prefeitura solicitou a liberação de quase R$ 12 milhões em verbas de emendas parlamentares destinadas para a manutenção de programas de prevenção a doenças e outros serviços desenvolvidos nas unidades básicas de saúde. A Secretaria de Saúde também apresentou projetos para aquisição de castramóvel, implantação de novas UBSs, compra de equipamentos e investimentos no HAC, principalmente para ampliação da estrutura de atendimento a gestantes. Também foi pedido o repasse de R$ 3 milhões referentes a pagamentos de serviços habilitados, que aguardam a aprovação da pasta.

A prefeitura também se reuniu novamente com o secretário Nacional de Mobilidade Urbana, que informou que o município pode captar até R$ 50 milhões para projetos dentro do programa Avançar Cidades. A Secretaria de Obras e a Coordenadoria de Planejamento e Gestão Estratégica irão definir projetos de requalificação de ruas (que inclui pavimentação, melhorias de calçadas, acessibilidade, postes de iluminação), construção e revitalização de pontes em Corrêas e Itaipava, alinhados com as diretrizes estabelecidas pelo órgão do governo federal, para que Petrópolis possa obter esses recursos.

O Ministério da Infraestrutura sinalizou, em reunião com prefeito, ser favorável ao pedido de redução da faixa de domínio da BR-040. O município reivindica a diminuição do afastamento em relação à pista de 40 para 15 metros, medida que permitirá à prefeitura realizar a regularização fundiária das famílias que moram em diversas comunidades ao longo da rodovia há mais de 30 anos.

Também na Secretaria Nacional de Transportes Terrestres, a prefeitura pediu autorização para que o município possa fazer a ligação Bingen-Quitandinha. Obra importante para aliviar o trânsito nesse trajeto (já que hoje é necessário o motorista ir ao Centro para ir de um bairro a outro nesse sentido), a ligação não saiu papel na construção da Nova Subida da Serra porque era a última etapa prevista no projeto, que foi interrompido no meio. O objetivo da prefeitura é isso seja feito antes da próxima concessão da BR-040, que está prevista apenas o fim de 2021. Na reunião em Brasília, a Secretaria Nacional solicitou que o município apresente estudo técnico para analisar a viabilidade do pedido.

Petrópolis também recebeu a notícia de que o procedimento licitatório para a reforma da Estrada União e Indústria está nas mãos da Superintendência do Dnit no Rio de Janeiro. Isso significa que está mais próxima de acontecer a concorrência pública para definir a empresa que ficará responsável pela pavimentação, intervenção em sistemas de drenagem e melhorias da sinalização da pista desde a Av. Barão do Rio Branco até Pedro do Rio. O investimento é de R$ 40 milhões. A expectativa é que o edital seja divulgado até o fim do mês.

Mais um tema tratado na Secretaria Nacional de Transportes Terrestres foi a regulamentação do uso de charretes elétricas no município. O município vem atuando para respeitar a decisão tomada pela população no plebiscito que definiu pelo fim da tração animal, mas ao mesmo tempo manter a tradição dos passeios pelo Centro Histórico de outra forma. O projeto apresentado pela prefeitura estabelecer as normas para uso desse meio de transporte será analisado agora pela área técnica do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

A prefeitura ainda esteve no Ministério da Cidadania, que obteve a aprovação de repasse de R$ 400 mil para a implantação do atendimento ao serviço social itinerante e reformas das cedes dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). O município ainda busca mais R$ 3,3 milhões para a manutenção de serviços prestados na rede de proteção social básica e especializada, nas oito unidades do Cras e no Centro Especializado de Referência Social (Creas). Ainda foi discutido a ampliação do Criança Feliz, que será possível após alteração das regras que restringiam o programa aos beneficiados do Bolsa Família – agora, poderão ter acesso todas as pessoas que possuem o Cadastro Único para Programas Sociais, o que poderá aumentar de 500 para 700 o número de pessoas que poderão participar do programa voltado para o desenvolvimento das crianças até três anos de idade.

As ações do Festival Sesc de Inverno “extramuros”, como são chamadas as atrações nas praças, ruas e outros espaços públicos, estiveram entre os destaques do pré-lançamento do evento em Petrópolis, realizado nesta quinta-feira (18.07), no Palácio Quitandinha. O prefeito e o presidente da Fecomercio/RJ, Antônio Florêncio Queiroz, acompanharam as apresentações sobre o que vem por aí nesses dez dias de festival, a partir desta sexta (19). Além das unidades do Sesc no Quitandinha e Nogueira, Petrópolis também terá atividades nas praças de Nogueira e da Liberdade, Palácio de Cristal e Parque Municipal, em Itaipava.

O parque, aliás, recebe grandes shows, como o desta sexta-feira, com o grupo Titãs, a partir de 21h. No sábado e no domingo tem Anavitória, no mesmo horário, e Vanessa da Mata, às 20h, respectivamente.  As atrações estão entre os principais nomes apresentados no pré-lançamento. Para o prefeito, essa é uma parceria quem vem dando certo há anos.      

A parceria entre o poder público e o Sesc esteve entre os principais assuntos abordados no evento. “A prefeitura nos cria condições para que nós possamos ocupar esses espaços de uma forma ordeira, segura. O nosso papel é levar até a população as atividades que normalmente ela não teria condições de ter acesso. E como fazíamos internamente isso ficava muito limitado, agora que nos estamos abrindo ao público como um todo, você cria uma capacidade de conhecimento do nosso trabalho e novas culturas, esporte e lazer”, completa Queiroz.

Alta temporada do turismo na Cidade Imperial – por causa do frio e das férias escolares, o Festival Sesc de Inverno é uma das “ferramentas” do município para atrair ainda mais visitantes. A expectativa é a de receber muitos turistas atraídos pela programação cultural, principalmente de cidades vizinhas.

Este ano, o Festival Sesc de Inverno, que é considerado o maior festival multilinguagem do país, acontece também em Nova Friburgo, Teresópolis, Duas Barras e Três Rios. Serão 750 horas de atividades até o dia 28 de julho. O pré-lançamento também contou com a presença dos gerentes do Sesc Nogueira, Pedro Zanotta, e do Quitandinha, Anderson Bravo.

Programação extramuros

Além dos grandes shows, o Parque Municipal também vai receber cerca de 30 atrações neste primeiro fim de semana, com atividades iniciando a partir de 10h, a maioria gratuita. Haverá exibição do curta-metragem “Documentário Mesa Brasil”; apresentação de “O Circo a Céu Aberto”; recreação esportiva; “Baile da Cutia”; exposição “O som que vem do lixo”; contação de histórias; rodas de conversa; apresentação da Overdriver Duo; entre diversas outras.

No Palácio de Cristal, também com entrada gratuita, haverá shows nos dias 24: Jazzeando; 25: Samanta Dias; e D’Avilla Quinteto, sempre às 19h. Já na Praça da Liberdade, tem “Circo Viva”, nos dias 20 e 27, às 11h. Na Praça de Nogueira, tem literatura com “Os baloeiros, com ih, contei”; às 14h, e exibição “Mostra Infantil Teresopolitana”, às 19h, no dia 20; dança com “Estrela D’Avila”, às 11h, e teatro com “Se essa rua fosse minha”, às 14h; no dia 21. E “Circo Viva”, às 14h, no dia 28.

A programação completa do Festival Sesc de Inverno em Petrópolis está disponível na internet, no link: https://www.festivalsescdeinverno.com.br/programacao/petropolis/.

Recuperação de verbas e aquisição de novos recursos para custeio de programas e serviços da Secretaria de Assistência Social foi o foco da participação da pasta na comitiva, liderada pelo prefeito em Brasília, nesta semana. Em reunião com o Ministro da Cidadania, Osmar Terra, na Esplanada dos Ministérios, nesta quarta-feira (17.07), aprovou o repasse de R$ 400 mil. A verba será destinada para a implantação do atendimento ao serviço social itinerante e reformas das sedes dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

Na ocasião, a secretária de Assistência Social buscou o resgate de R$ 3,3 milhões referentes a manutenção de serviços prestados na rede de proteção social básica e especializada, nas oito unidades do CRAS e no Centro Especializado de Referência Social (CREAS). A atuação direcionada ao cuidado dos jovens usuários de álcool e drogas também foi debatida, com a proposta de implantação de uma Residência Terapêutica voltada para o resgate de dependentes químicos. O projeto direcionado para o serviço já está sendo elaborado e será pauta de um próximo encontro no ministério.

A implantação do serviço social itinerante vai contar com o repasse de verbas de emendas parlamentares obtidas com o apoio do deputado federal, Vinícius Farah. O recurso vai possibilitar a aquisição de uma van, para levar os atendimentos do CRAS à população residente em áreas rurais ou distantes das regiões centrais da cidade, longe da cobertura das unidades fixas.

Parte da verba garantida com a emenda parlamentar, também será usada para providenciar reformas em unidades do CRAS mais antigas.

Programas ganham reforço para ampliação dos serviços

Durante a reunião foram debatidos resultados dos programas Criança Feliz e Acessuas Trabalho (Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho) que estão com expectativa de ampliação. Com 500 famílias atendidas atualmente, o Criança Feliz passou por ajustes de critério, deixando de ser voltado apenas aos beneficiados pelo Bolsa Família. Agora, por determinação do ministério, o serviço pode ser direcionado a todas as pessoas que possuem o Cadastro Único para Programas Sociais, do Governo Federal. Com essa mudança, a expectativa é ampliar levar o programa para 700 usuários.

O programa Criança Feliz é voltado para o desenvolvimento das crianças na primeira infância. A partir do trabalho de assistentes sociais, pedagogos e psicólogos é feito acompanhamento com as famílias cadastradas para garantir mais qualidade de vida das crianças entre 0 e 3 anos de idade.

O Acessuas Trabalho também teve seus bons resultados apresentado. Atualmente 650 pessoas são atendidas, nas oito unidades do CRAS, que realizam oficinas motivacionais e fazem o encaminhamento para entrevistas de emprego ou cursos profissionalizantes.

O próximo domingo (21.07) será dia de caminhada ecológica para um grupo de 50 pessoas na travessia Araras-Secretário. Promovido pela Secretaria de Meio Ambiente, o passeio guiado tem percurso aproximado de oito quilômetros e deve durar cerca de 3h. Cada participante deve levar comidas leves, como frutas e barras de cereais, água, boné e protetor solar. A previsão é de sol, com nevoeiro ao amanhecer.

O ponto de encontro é a Praça Dom Pedro às 8h30. Um ônibus do Grupo Salvini leva todos os participantes até o início da trilha em Araras. Após o passeio, o veículo busca o grupo na cachoeira da Rocinha em Secretário. No local, também será realizada a instalação de uma placa de educação ambiental. 

A iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente quer sensibilizar os petropolitanos sobre a importância de preservar a natureza.

As caminhadas ecológicas são usadas como atividade de educação ambiental em diversas cidades do país. Em Petrópolis, o circuito pelas trilhas começou em maio, pelo Alto da Ventania, no Caxambu. No mês passado, o passeio aconteceu no Caminho do Ouro. Ainda serão percorridas a Pedra do Retiro (25 de agosto) e do Castelinho (29 de setembro).

Além desta atividade, a pasta investe em outras ações de conscientização, especialmente, nas salas de aula da rede municipal.

Com as caminhadas, a prefeitura quer aproveitar as belezas naturais de Petrópolis e reforçar a importância da preservação ambiental. A iniciativa conta com o apoio técnico da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias, Cruz Vermelha, Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e do Grupo de Escoteiros 132.

Os constantes casos de vandalismo e furto de equipamentos fizeram com que a CPTrans acumulasse, só este ano, mais de R$ 15 mil em perdas de material de sinalização de trânsito na cidade. São quase 100 itens que foram destruídos ou levados. O problema é que, além de crime, essas atitudes também colocam em risco a vida de motoristas e pedestres, uma vez que a implementação da sinalização também busca salvar vidas.

Nesta quinta-feira (18.07), a equipe da CPTrans realizou uma alteração na Rua 13 de Maio. A via, desde o dia 4 de julho, recebeu material de sinalização em um trecho em frente a um posto de combustível e no cruzamento em frente à Catedral. O problema é que são frequentes casos de pessoas que mexem nos equipamentos, seja os retirando do lugar ou até destruindo. Agora, a companhia liberou o acesso aos cruzamos em frente aos estabelecimentos comerciais, sendo fechados, no entanto, de 16h30 às 19h, de segunda a sexta-feira.

No acumulado de perdas deste ano estão 48 pinos, 25 cones, oito pedestais, uma bombona, além de 85 metros de correntes. No balanço de perdas a CPTrans também constatou que 14 placas de sinalização foram destruídas ou arrancadas de seus locais. São casos, inclusive, de pessoas que arrancam as placas de proibição de estacionamento para parar em locais impróprios. Vale destacar que deteriorar placas é caracterizado como vandalismo e os autores podem ter pena que varia de seis meses a três anos de prisão. Já no caso de furto de patrimônio público, a pena pode variar de um a quatro anos de reclusão.

“Mexer na sinalização, seja para retirada de equipamentos ou alteração da configuração viária é uma atribuição da CPTrans, que faz um estudo para a implementação daquela sinalização, naquele determinado local. Isso sem contar o prejuízo financeiro. Toda vez que precisamos substituir uma placa ou um pino que foram furtados ou vandalizados, deixamos de implementar aquele material em outra via, que também precisa de sinalização. Então, pedimos que as pessoas cuidem dessa desses equipamentos porque tudo isso faz parte do patrimônio público”, destaca o diretor técnico e operacional da CPTrans, Luciano Moreira.

O Bunka-Sai, que acontece entre os dias 08 e 11 de agosto no Palácio de Cristal, já tem sua programação definida. Nos quatro dias de festa exaltando a cultura japonesa, serão cerca de 50 atrações entre danças folclóricas, música, exposições, oficinas, cosplay, gincanas para as crianças, artes marciais, entre outras atividades gratuitas, além, claro, de um dos destaques do evento: a gastronomia típica. A entrada é gratuita. A abertura acontece a partir de 19h de quinta-feira (08), com a sangria de saquê e apresentação de Bon-Odori, dança folclórica japonesa. O evento é organizado pela Prefeitura em parceria com a Associação Nikkei de Petrópolis.

 Durante o fim de semana, as atrações acontecem todo o dia. Na sexta-feira e no sábado, a festa funciona de 10h às 22h e no domingo de 10h às 20h. No evento, o público vai contar com barracas de comidas e souvenirs decoradas, inspiradas na cultura dos japoneses. E também três exposições: “Dois países, dois povos e um só homem e sua expressão cultural"; “SHI DOORO - lanternas de pedra” e “Pipas Rokako”.

Além das atrações da abertura, o fim de semana vai contar com diversas atividades. Na sexta, tem atividade de Defesa Civil para as crianças, inspirado nas técnicas japonesas; judô; oficinas de bonecas japonesas de papel, de mangá e de ábaco; Aikido; e Bom-odori. No sábado, o público vai poder contar com um torneio de judô; karatê; oficinas de ikebana (arranjo de flores), mangá, ábaco, pipas e como escrever seu nome em japonês; cerimônia do chá; apresentações do coral Cant’Vox, Orquestra Social Ação Pela Música e Anna Hannickel; e ainda Taiko; técnicas sobre como vestir o kimono; música popular japonesa; e Bom-odori. E no domingo, tem apresentação do Coral dos Canarinhos; judô; Kendô Kage-ryu (combate com espadas; gincana; JiuJitsu; Ninjutsu; demonstração da cultura gastronômica japonesa; Aikido; Bon-odori; oficinas de origami, mangá e haicai; além de taiko; apresentação de cosplay; e técnica sobre como vestir o kimono.

 

Confira a programação completa:

Dia

Horário

Atração

08/08 Quinta-feira

19h

Abertura oficial

Anna Hannickel (Apresentação dos hinos do Brasil, Japão e Petrópolis)

20h

Bon-Odori  (Dança folclórica japonesa)

09/08 Sexta-feira

9h às 12h

Atividade de Defesa Civil para crianças

10h

Coral dos Canarinhos

14h

Judô (Projeto Talentos de Tatame)

15h

Oficina de Bonecas Japonesas de Papel

17h

Oficina de Mangá (Desenho japonês)

19h

Aikido

20h

Oficina de ábaco  (Calculadora japonesa)

20h30

Bon-Odori  (Dança folclórica japonesa)

10/08 Sábado

9h às 17h

2º torneio Judoca Matheus Especial

9h

Karatê

12h

Oficina de IKEBANA Upcycle (Arranjo de flores)

13h

Oficina de IKEBANA Upcycle (Arranjo de flores)

13h

Cerimonia do chá japonesa

14h

Escrevemos seu nome em letras japonesas

14h

Coral Cant'Vox e Orquestra da Ação Social pela Música do Brasil

15h

Oficina de Pipas Rokako - Max Pipas

15h

Cerimônia do Chá

16h

Taiko (Tradicional tambor japonês - Rio Nikkei Taiko)

17h

Quer vestir KIMONO?

17h

Oficina de Mangá (Desenho japonês)

18h

Taiko (Tradicional tambor japonês - Rio Nikkei Taiko)

19h

Música Popular Japonesa  (com Noboru Fujita)

20h

Oficina de ábaco (Calculadora japonesa)

20h

Bon-Odori  (Dança folclórica japonesa)

21h

Anna Hannickel

11/08 Domingo

9h

Judô

10h

Kendô Kage-ryu (Combate com espadas)

10h

Coral dos Canarinhos

10h às 12h

Undokai (Gincana esportiva - até 12 anos)

11h

Jiu Jitsu  

11h

Ninjutsu   (Artes marciais NINJA)

11h

Demonstração Cultura Gastronômica Japonesa

12h

Aikido

13h

Judô

13h

Bon-Odori (Dança folclórica japonesa)

13h

Oficina de ORIGAMI (Dobradura de papel)

14h

Taiko (Tradicional tambor japonês)

15h

Quer vestir KIMONO?

16h

Taiko (Tradicional tambor japonês)

17h

Oficina de Mangá (Desenho japonês)

17h às 19h

Apresentação de Cosplay  - Coletivo Foco de Teatro

18h

Oficina Haicai (Poema japonês)

19h

Bon-Odori (Dança folclórica japonesa)

Todos os dias

Exposição "Dois países, dois povos e um só homem e sua expressão cultural"

Exposição ISHI DOORO - lanternas de pedra

A partir do dia 09

Pipas Rokako

 

Julho, mês de férias e temperaturas baixas. Para enfrentar os dias frios com a criançada, as Academias da Saúde estão com programação de Colônias de Férias. As inscrições estão abertas para as atividades que acontecem até o dia 30 de julho, em dias alternados em cada unidade. Recreação, jogos, oficinas e atividades lúdicas estão sendo oferecidas gratuitamente nas academias dos parques Itaipava e Cremerie, Vale do Carangola e Castelo São Manuel.

As atividades são voltadas para crianças entre 9 e 13 anos de idade, com duração de duas a três horas, como opções para os turnos da manhã e tarde.

As Academias da Saúde fazem parte da rede de atenção básica, da Secretaria de Saúde com atendimento complementar e alternativos aos usuários do sistema público de saúde do município. Nas unidades, são oferecidas atividades preventivas de saúde, além de contar com acompanhamento aos pacientes com indicação de fisioterapia, alongamento e atividades físicas diversas, além de tratamentos complementares como o shiatsu, acupuntura, fitoterapia, florais e shantala.

Durante as férias, nos dois períodos do ano, além dos atendimentos em sua grande parte voltados para o público adulto, as colônias de férias entram na programação. As atividades são previstas para dias e horários com funcionamento diferenciados para cada unidade. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas com apresentação de documento de identificação e do Cartão SUS.

As academias contam com profissionais de Educação Física e de Fisioterapia, que fazem o acompanhamento dos usuários. Para ter informações sobre a programação e disponibilidade de vagas, os interessados podem fazer contato diretamente das academias:

Castelo São Manuel (Rua Valter Bichtluf São Coutinho, 711 - Tel.: 2243-9901) – atividades as sextas-feiras – nos dias 19 - das 13h30 às 15h30 e 26 - das 10h às 12h;

Cremerie (Estrada Independência, s/nº - Tel.: 2243-4153) - atividades na terça, 23 e quinta, 25 – de 13h30 às 16h30;

Itaipava (Estrada União e Indústria, nº 10.000 - Tel.: 2233-8882) - atividades nos dias 19, 25, 26 e 30, das 13h30 às 16h;

Vale do Carangola (Rua Waldemar Vieira Afonso, 7 - Tel.: 2291-8310) – atividades as sextas, dias 19 e 26, das 9h às 11; e as segundas, dias 22 e 29, das 14h às 16h.

O Ministério da Cidadania confirmou a instalação de quatro núcleos do Programa Segundo Tempo (PST) em Petrópolis. Em reunião na tarde de quarta-feira (17.07) em Brasília, o prefeito, acompanhado por uma comitiva de secretários municipais e pelo deputado Federal Vinícius Farah, ainda garantiu a liberação integral dos recursos para a realização do projeto. Investimentos do governo federal em estruturas esportivas da cidade e para a ampliação de projetos da prefeitura em 2020 também foram discutidos no encontro.

O Segundo Tempo atenderá até 400 jovens em quatro bairros: Caxambu, Moinho Preto, Bingen e Valparaíso com futsal, basquete, vôlei, handebol, futebol de campo, rúgbi e atletismo. Além da prática esportiva, o programa prevê a formação continuada através de grupos de estudo compostos por todos os colaboradores do PST, que devem desenvolver palestras e mesas redondas para os alunos.

A verba destinada aos programas Agita Petrópolis e aos Jogos Unificados de Petrópolis (Jeups) em 2020 poderá beneficiar diretamente mais de cinco mil pessoas, entre jovens e adultos, que participam dos programas esportivos oferecidos pela prefeitura. O investimento federal também vai permitir a extensão das atividades.

Município busca outros programas federais

Já na manhã de quinta (18), o superintendente de Esportes e Lazer, esteve reunido com o subsecretário especial de esporte, coronel Marco Aurélio Souto de Araújo, em busca de novas possibilidades de projetos para trazer para o município.

Com o objetivo de aquecer a indústria audiovisual e desenvolver a economia criativa na cidade, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico ofereceu nesta quinta-feira (18.07) uma palestra no auditório do Sicomércio, sobre a importância do “Film Commission” – um setor para atrair, incentivar e atender as produções audiovisuais. A apresentação foi ministrada pelo Diretor Executivo da Rede Brasileira de Film Commissions, André Faria. O prefeito Bernardo Rossi acompanhou a reunião e apoiou a ativação do órgão no município.

Durante a palestra, foi discutido os amplos benefícios que a indústria audiovisual proporciona para a cidade. Este mercado movimenta a contratação direta e indireta de mão de obra local e impulsiona o turismo com publicidade espontânea, tornando a cidade um destino cinematográfico. Outro ponto abordado com destaque, foi a indústria audiovisual ser uma grande ferramenta para o desenvolvimento econômico local. Porém, para qualificar e movimentar o setor, seria necessário a estruturação de um Film Commission que é a ligação direta das administrações públicas com as produtoras.

Entre os serviços prestados em um Film Commission, estão articular com as autoridades locais as autorizações para as gravações, como trânsito, ordenamento urbano, praças, espaços públicos, entre outros. Serão responsáveis também, pela criação de um banco de dados de locais, artistas, hotéis, restaurantes e todos os segmentos envolvidos, além de atender as produções audiovisuais profissionais e acadêmicas.

“O cinema é um grande mercado onde a cidade pode ganhar dinheiro. Movimenta vários setores, além de divulgar a cidade para o mundo atraindo mais turistas. O Film Commission é um facilitador entre o município e a produtora. Queremos sensibilizar a sociedade civil, empresários e governo”, frisou o Diretor Executivo da Rede Brasileira de Film Commissions, André Faria.

“Eu não conhecia o Film Commission e hoje vi o quanto essa indústria movimenta a economia em diversos setores e é um grande nicho para o desenvolvimento da cidade”, disse a analista do Sebrae, Renata Bento.

Os cães da Guarda Civil encontraram novamente um tablete de maconha com um homem que andava de bicicleta na Praça da Liberdade, na quarta-feira (18.07). Em nova operação de combate ao tráfico no Centro, um rapaz de 18 anos foi abordado após a cadela da corporação indicar a presença da droga na roupa dele – ele confessou a posse do entorpecente. O jovem foi conduzido para a 105ª DP, no Retiro. Quatro agentes participaram da ação, que ainda passou pela Praça do Bosque, Av. Ipiranga (próximo à Catedral) e Parque Ipiranga.

Esse tipo ação vem sendo realizada com frequência, tanto no Centro quanto em apoio às polícias Militar e Civil. Desde a semana passada, um homem foi preso por tráfico e quatro foram conduzidos como usuários de drogas em operações com canil. Em pouco mais de dois anos, foram encontrados mais de 40 mil pinos de cocaína e, só em 2019, mais de 15 kg de maconha.

Antiga demanda de usuários de telefonia e motivo frequente de reclamações no Procon Petrópolis, as ligações de telemarketing já podem ser bloqueadas pelo consumidor. É que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) determinou a criação do cadastro “Não Me Pertube”, onde o usuário pode se inscrever para não receber ligações de telemarketing. A medida começou a valer na última terça-feira (16.07) e é válida para empresas de telefonia móvel, fixa, TV e internet.

O cadastro é simples: ao entrar no site www.naomepertube.com.br o usuário clica em Cadastro, seguido do botão Solicitar Bloqueio. Depois disso é necessário criar um login, inserindo nome completo, CPF, e-mail e senha. Após isso, o usuário recebe um e-mail de confirmação e deve acessar sua conta e fazer o login com o e-mail e senha cadastradas onde poderá acessar a página para inserir seu número de telefone e as empresas as quais não deseja receber ligações. Após esse processo é só confirmar a solicitação e, em até 30 dias, ele será efetivado.

A nova medida deverá trazer mais segurança para o consumidor pois, tende a diminuir a incidência de ligações fraudulentas, que fingem oferecer serviços e planos de telefonia, internet ou TV por assinatura, para capturar dados do cidadão para uso indevido em fraudes e compras virtuais.

O presidente da Associação Brasileira de Procons, Filipe Vieira, destaca já defendia a unificação destas medidas de bloqueio, que antes valiam só em alguns lugares, ou para algumas empresas. “Ter este cadastro por determinação da agência reguladora do setor de telecomunicação ajudará o consumidor a ter maior segurança no uso dos seus dados pessoais e nas contratações que feitas por telefone. Assim, evitará, ainda, que ele seja perturbado com inúmeras e incansáveis ligações de telemarketing durante todo o dia”, destacou.

Notícias por data

« Julho 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP